Domingo da Bicharada e de muito frevo arrasta foliões em Salgueiro

0

Bicharada2_640x425Bicharada6_640x425Bicharada7_640x425Todas as cores e batuques na mais democrática festa do planeta. Gente descendo de todos os bairros para as ruas e avenidas de Salgueiro (PE), no Sertão Central, para não perder um só instante do domingão de corços e desfiles. Foliões fantasiados de super-heróis, anjos, diabos, palhaços, bailarinas, papangus, figuras bizarras… Uma infinidade de fantasias multicoloridas que só dão mais brilho e animação à festa de Momo marcaram ontem (2) a folia na cidade. A largada foi com a turma animada do bloco ‘Bomba Chiando’, que saiu do bairro de mesmo nome ao som de uma orquestra de frevo para o corredor a folia.

De outro lado da cidade, partiu o Cortejo de Frevo e de Máscaras com o suporte da Cia de dança Eparrê Oyá, soba coordenação da Secretaria de Cultura. A Orquestra Imperial mandou nos frevos e marchinhas que arrastaram foliões endiabrados de alegria. Gente de todas as idades – da criançada à terceira idade – sem ficar parada. Das casas e de alguns pontos comerciais, outros não tão foliões, mas simpatizantes de festa de Momo, acenavam com alegria.

“O bom do carnaval daqui é essa alegria que domina a todos. Quem entra na folia se conhece e a cidade acolhe quem vai chegando”, comentou a estudante de Serra Talhada, Suzana Holanda, 20, que veio com um grupo de amigos se divertir na folia em Salgueiro.

A tradição que se mantém há mais de meio século também dominou a cena, com a saída da Bicharada do Mestre Jaime, que arrastou outra multidão reverenciando seus bonecos gigantes e exóticos. A novidade foi a chegada de nova integrante da turma e a primeira mulher do grupo, que o criador a batizou de “Onilda”, fabricada pelo artista plástico Sílvio Botelho, no Recife.

“Onilda veio trazer uma nova alegria para Bicharada. É uma mulher loira, cheia de alegria, de coração aberto pra dançar nossas marchinhas”, disse o carnavalesco Mestre Jaime, que do alto de seus pouco mais de 90 anos não perde o fôlego e esbanja alegria. Não faltam adeptos de todos os lados para acompanhar a Bicharada, inclusive figuras não identificadas, como a “Mulher Mascarada”, que nos últimos três anos se adentra no bloco.

Prefeito

Apaixonado por frevos e fiel seguidor da Bicharada, o prefeito Marcones Sá marcou presença ainda na concentração da avenida Agamenon Magalhães e acompanhou o desfile até o final. “Quem vem a Salgueiro na folia não pode perder a Bicharada. Isso é tradição, é alegria, é cultura popular. Nosso mestre Jaime é patrimônio vivo, é nosso orgulho”, disse o prefeito. (Fonte/fotos: Ascom PMS)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome