Dom Paulo Cardoso levanta-se contra possível construção de shopping popular em área da diocese

23

Radicalmente contrário à construção de um shopping popular na área da Diocese de Petrolina, o bispo emérito da cidade, Dom Frei Paulo Cardoso posicionou-se publicamente sobre o assunto, reiterando seu posicionamento.

A decisão do líder religioso católico foi tomada após saber de algumas informações que circulam pela internet de que o projeto do shopping popular caminha a passos largos. Na carta enviada ao Clero da Diocese, Dom Paulo se diz “profundamente amargurado e entristecido” pelo fato.

A carta na íntegra do bispo emérito de Petrolina pode ser conferida aqui.

23 COMENTÁRIOS

  1. Há locais em Petrolina que deveriam ser tombados, preservados, visto que fazem parte da história da cidade. Este caso é um exemplo. Ocorre que já deve ter gente ou grupo calculando quanto irá ganhar com o empreendimento. Outro caso, a EMAAF antiga, que deveria ter sido desapropriada, o que somente não ocorreu porque a área pertencia aos supostos donos de Perrolina.

  2. Tive a honra de casar na pequena igreja que existe no interior do Palácio da Diocese de Petrolina. Por isso, nutro um carinho especial por esse local que, pra mim, me traz excelentes recordações! Comungo, junto com Dom Frei Paulo Cardoso, da tristeza e preocupação em relação a desconfiguração desse prédio que, junto com nossa Catedral, são patrimônios tombados pela Lei Orgânica do Município. É lamentável esse projeto de construção de um “camelódromo” nas adjacências do Palácio. Acredito que a comunidade deva se manifestar em relação a tal absurdo. E aproveitarmos para fazer campanha para sua total revitalização, pois é uma patrimônio da Diocese e do povo, assim cada um de nós somos responsáveis pela sua restauração e manutenção. “Um povo sem memória é um povo sem história”.

  3. Lamentável essa possibilidade de se construir um camelódromo (ou até mesmo qualquer outro tipo de construção comercial) no Palácio Diocesano. Apoio totalmente a posição de D. Paulo.
    Povo petrolinense, vamos preservar e defender nossos prédios históricos, não podemos deixar nossa história morrer.

  4. Absurdo é num país de 14 milhões de desempregados outros e 40 milhões vivendo na informalidade, a maioria jovens e adultos de meia idade, muitos pais de família com seus sonhos e suas vidas destruídas por essa crise, vozes se levantarem contra um empreendimento que pode trazer empregos e gerar renda para aqueles que necessitam. Se o terreno estava ocioso, não vejo motivo para não aproveitá-lo em algo que realmente traga valor para a sociedade. Mas fazer o quê, vivemos numa sociedade de egoístas que só pensam no próprio umbigo, por isso esta nação continua em rota de náufrago.

  5. Cego às avessas (o nome faz jus ao comentário), o que estamos questionando é a possível destruição de um patrimônio histórico cultural tombado conforme a lei orgânica, não pode mexer na estrutura não! O Palácio do bispo não pode e não deve ser “bulido”!!!

    • Cara Simone, são essa leis ridículas que emperram a economia do país e contribuem para a escalada do desemprego e da miséria, se a diocese não teve a brilhante ideia de alugar o prédio para a realização de bailes de formatura, casamentos e etc, neste tempo todo, utilizando a renda para a manutenção do prédio em sua arquitetura original, pois agora não adianta chorar pelo leite derramado. Se as pessoas preferem um shopping moderno e bonito do que um prédio histórico, você vai fazer o quê? Vai impor uma lei obrigando-as a gostar? Como você é totalitária hein?

      • Mas você é cego mesmo hein! Desde quando Leis emperram a economia? O que emperra é a incompetência de empresários que só faz de conta que são empresários e mamam nas tetas das verbas públicas e corrompem os políticos.

        • Como é que é? Leis não emperram a economia? Você só pode estar de brincadeira! Mais de 3.200 normas tributárias, 2.600 horas anuais para se pagar impostos, 119 dias para se abrir um negócio, licenças e mais licenças, homologações em diversos órgãos de fiscalização e agências reguladoras, taxas e mais taxas, e leis trabalhistas de inspiração fascista que chegam a impor custos de 183% a mais do valor do salário para se empregar alguém (Dados da FGV). E olhe que eu estou falando apenas do setor privado, se juntar com o público, aí o buraco é mais embaixo! Acho que o cego aqui não sou eu não, ou então Maria não mora no Brasil! Ei espere aí, você é servidora pública não é? Ah, isso explica muita coisa! Empreenda Maria, e você vai saber se lei emperra ou não a economia, e o peso que têm o estado para as costas de quem produz.

  6. Ceguinho às avessa, não misture as coisas. Não pense que este tal empreendimento resolverá os problemas de Petrolina e muito menos do . Estamos falando de tradição. De patrimônio que faz parte e se identifica com a história da cidade, que será desfigurado. No mais, o que está acontecendo com o povo brasileiro é o pagamento pelas escolhas que fez, faz e continuará fazendo: Eleger corruptos, espertalhões e oportunistas. Não venha o povo brasileiro pousar de santo ou vítima, sem falar que não coloquei na conta os demais pecados contra Deus.

  7. Petrolina é uma cidade de muro baixo onde todo mundo manda, sem respeitar as leis do Municipio. Destruíram o CEAPE, não se sabe porque razão, venderam Centro de Treinamento Diocesano não se sabe por quanto e prá onde vai ou foi o dinheiro, e agora acharam pouco e querem transformar o Palacio dos Bispos em feira de bugingangas, francamente. Descaracterização da Memória da cidade é crime . Isto é fruto de uma Câmara de Vereadores que foram eleitos para doar Títulos de Cidadão à ilustres desconhecidos. Uma Câmara que não sabe sequer fazer um levantamento das contas do Municipio. Ora Bolas .

  8. Realmente Petrolina e seus dirigentes e agora os que dirigem a Diocese de Petrolina estão cegos mesmo!!! Sair derrubando todo o Patrimônio Histórico da cidade para construir um Shopping Popular? Somente Jesus na causa! Coberto de razão o Bispo Emérito está!!! Não BASTA venderem as áreas livres que eram destinadas a praças públicas e áreas verdes, agora querem derrubar as poucas construções históricas e belas de Petrolina! Não sabem o que é um conjunto arquitetônico?! Harmonia de construções e usos de espaços próximos ao Patrimônio Histórico? Cadê a Ordem Pública, a Secretaria de Obras, a Câmara de Vereadores e o Prefeito desta cidade para fazerem cumprir o Plano de Ocupação Urbana ou Agenda 21 do município? Muita gente destruindo o Patrimônio Público, muita gente ocupando terras públicas, praças e espaços destinados ao simples caminhar e ninguém faz absolutamente NADA!!! Decepcionada com a Administração da Diocese de Petrolina e a Administração do Município (Executivo, Legisladores e Secretarias e Órgãos que deveriam zelar por nossa outrora linda Petrolina) “Acorda Petrolina, minha filha!!!”, como dizia o saudoso Carlos Augusto!

  9. Quanto comentário ignorante! O palácio não será destruído, nem tocado. Só vejo reclamar ou ignorante ou proprietário que aluga ponto no centro por mais de R$ 2.000,00 mensais.

    Desinformação e egoísmo… Por isso que o país não vai pra frente mesmo.

  10. O PALACIO DEOCESANO ESTA EM REFORMA COMO ESSES CARA VAO DESTRUIR O PATRIMONIO DE DA IGREJA QUE TEM MAS DE CEM ANOS. É A CASA DOS BISPO DESDE DO TEMPO DE DOM MALAN NÃO VAMOS ACEITA ESSE ABSUDO DOM FREI PAULO CARDOSO TEM CERTEZA QUE OS CATOLICOS DE VERDADE ESTÃO DO SEU LADO EU MESMO VOU PROCUARA O SENHOR PRA TER MAIS INFORMAÇÃO, POR QUE NÃO PODEMOS FICA DE BRASSOS CRUZADOS, ONDE ESTÃO FECHANDO VARIAS LOJAS EM TODA PETROLINA A QUEM REAMENTE VÃO VENDE BOX. OBRIGADO BRITO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome