Divulgada empresa vencedora da licitação para executar obras da Bacia do Dom Avelar

7
Foto: Ascom PMP/divulgação

A Prefeitura de Petrolina divulgou na última segunda-feira (2) a empresa vencedora do processo licitatório para execução das obras que irão recuperar a bacia de esgotamento sanitário do Bairro Dom Avelar. A  obra irá beneficiar mais de 40 mil pessoas que residem, além do Dom Avelar, nos bairros Terra do Sul, Santa Luzia, São Jorge, São Joaquim e Padre Cícero (todos na zona norte). Os serviços relativos à  ampliação  e  recuperação  do  sistema serão executados pela empresa Leenne  Construções  Ltda-EPP a qual apresentou a melhor proposta.

O diretor-presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (Armup), Rubem Franca, lembra que a problemática na região é um dos maiores gargalos no sistema de esgotamento sanitário de Petrolina. Ainda segundo o gestor da Armup, o investimento na região norte faz parte de um processo histórico de melhorias que inclui ainda o lançamento do edital para selecionar uma nova concessionária para gerenciar os serviços de água e esgoto na cidade.

A questão do Dom Avelar é uma das mais antigas e crônicas da nossa cidade. A gestão fez várias tentativas de diálogo com a Compesa mas, finalmente a população poderá respirar melhor com este processo licitatório que deve solucionar o problema. Há uma preocupação muito grande em buscar qualidade dos serviços e é por isso que a prefeitura segue o processo para contratar uma nova empresa”, disse.

7 COMENTÁRIOS

  1. Espera-se que dessa vez o D. Avelar saia do esgoto. Esses mesmo serviços já foram frutos de outras licitações, só que as obras não foram concluidas, foram abandonadas, sendo inclusive frutos de processos na justiça. Ninguem pagou a conta e ficou por isso mesmo.

  2. A prefeitura deveria primeiro fazer a parte dela, falta muita coisa na cidade, fazer o dever de casa, o básico, com pavimentação, drenagem, saúde, transportes, educação, coleta de lixo, e muito mais, ao invés de continuar gastando energia e nosso dinheiro com essa briga sem futuro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome