Dispositivo pretende conter proliferação do Aedes aegypti em Petrolina

por Carlos Britto // 07 de outubro de 2021 às 10:00

Foto: PMP

Um dispositivo conhecido como ‘Casa do Wolbito’ está sendo implantado em bairros de Petrolina, por meio da Prefeitura Municipal, com objetivo de conter a proliferação do mosquito Aedes aegypti, e consequentemente, controlar doenças como dengue, Zika e chikungunya

Oficialmente denominado ‘Dispositivo de Liberação de Ovos’ (DLO), funciona da seguinte forma: são colocadas 400 ml de água, duas cápsulas com ovos e alimentação para as larvas. Esses recipientes são instalados em árvores nos espaços públicos e todo o procedimento é realizado pelos Agentes de Combate a Endemias.

A Secretaria de Saúde de Petrolina pede que a população não mexa nos dispositivos e, em caso de poda das árvores, pode entrar em contato pelo WhatsApp através do número (21) 99593-0135, para que o DLO seja realocado e não perca seu objetivo de ajudar no combate às doenças. Alguns edispositivos já foram extraviados.

Para a Gerente de projetos do Método Wolbachia em Petrolina, Érica Canavitsas, é preciso que a população compreenda e auxilie no processo de execução do projeto. “Petrolina é a primeira cidade do Nordeste a receber a biofábrica do Método Wolbachia. Com isso, é de fundamental importância que as pessoas também sejam parte deste projeto e não mexam nos DLO’s instalados, para que os ovos possam se reproduzir e, com isso, os mosquitos com Wolbachia impeçam a proliferação das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti”, explicou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *