Diretoria do Distrito de Irrigação esclarece que estrutura danificada de canal no N-4 será recuperada dentro do Plano de Manutenção Anual

2
Canal de irrigação com estrutura danificada no N-4. (Foto: Reprodução WhatsApp)

Em resposta a este Blog, a diretoria do Distrito de Irrigação Senador Nilo Coelho (DINC) esclareceu que a estrutura danificada num trecho do canal do N-4 do Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho, conforme divulgado ontem (11), será recuperada dentro do Plano de Operação e Manutenção Anual do DINC, que é apresentado e aprovado pela 3ª Superintendência Regional da Codevasf. Confiram:

Nota de Esclarecimento

Prezado Carlos Britto, ontem (11) tivemos a oportunidade de ler a informação publicada no seu blog, intitulada “Trabalhadores chamam atenção para canal de irrigação com estrutura danificada no N-4” e, a este respeito, gostaríamos de manifestar duas observações preambulares:

1.Achamos louvável a atitude da Imprensa local, e neste caso de seu blog, em manter a comunidade informada acerca dos fatos relevantes, mas entendemos igualmente importante que nestes casos, antes seja contatada a nossa empresa, a fim de que alguns detalhes, que também são importantes, possam ser divulgados para a comunidade interessada;

2.Apesar de a matéria informar que não obteve resposta nossa acerca desse tema, não fomos oficialmente procurados por ninguém de sua assessoria ou por você pessoalmente.

Em relação à informação publicada, cabe informar que o problema relatado é procedente e a intervenção corretiva faz parte do Plano Anual de Manutenção do PPI (Projeto Público de Irrigação) Nilo Coelho de 2019, e será realizada, bem como outros trechos de canais que estão, também, contemplados no mesmo Plano.

A nota diz ainda que a 3ª Superintendência Regional da Codevasf foi contatada e a partir dela se informou que a manutenção do canal é de responsabilidade do Distrito de Irrigação, o que também é correto; não só a manutenção dos canais, que têm 124,2 km de extensão, distribuídos entre os setores Nilo Coelho e Maria Tereza, mas a manutenção de toda infraestrutura do Projeto, como:

  • Sistema viário com extensão de 654 km e estruturas auxiliares como pontes, galerias e bueiros;
  • Sistema de drenagem com malha de cerca 1.000 km de extensão
  • 39 estações de captação, pressurização e recalque que demandam, sistematicamente, manutenção eletromecânica e de automação;
  • Mais de 500 km de adutoras que variam de 100 mm a 800 mm;
  • 20 reservatórios de compensação, dentre outros.

Toda essa grandiosa infraestrutura que está a cargo da gestão dos 2.324 usuários do PPI opera uma área de 22.523 hectares ocupada com 98% de fruticultura, e que leva o Projeto Senador Nilo Coelho a ser considerado o maior projeto público de irrigação da Codevasf em operação e ocupação plenas.

É oportuno destacar que o DINC tem estrutura para atender satisfatoriamente este a infraestrutura. Assim é que, sistematicamente a partir do mês de julho de cada ano, se inicia a preparação do Plano de Operação e Manutenção Anual, que é apresentado e aprovado pela Codevasf.

2 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia.
    Não questiono a capacidade dos profissionais do distrito, mas sim da administração em deixar chegar a esse ponto, onde é pago mensalmente uma taxabpir todos os usuários do perímetro pra se fazer essa manutenção.

    Esse trecho danificado foi só um “cafezinho” pra mostrar, onde o canal estava cheio, aproveita no dia que canais estão vazios e percorram o trecho de Sobradinho ao N11 e verão a situação de abandono que se encontra a “manutenção” do mesmo.
    Esse trecho já fez aniversário danificado, onde entra o preparação do Plano de Operação e Manutenção Anual então????

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome