Diretora de Mulheres denuncia casos de estupros coletivos em Juazeiro

1
Foto: Blog Carlos Britto

A diretora de Mulheres da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) de Juazeiro (BA), Quitéria Lima, esteve no Programa Carlos Britto desta terça-feira (10) falando sobre a programação do Março Mulher’, que traz como tema este ano ‘Política: palavra feminina’. Durante a conversa, Quitéria revelou informações bastante preocupantes, como o fato de ocorrerem estupros coletivos no município baiano.

“Os estupros coletivos estão acontecendo e a gente cuida dessas pessoas, mas a gente não pode divulgar, infelizmente. E a gente convive com isso […] acontecem casos absurdos, que parece que é um outro mundo. São outros tempos”. Segundo ela, a prefeitura tem priorizado políticas de apoio a essas mulheres, junto com a SEDES e a Rede de Atendimento e Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Juazeiro, atuando o ano todo.

Fazem parte da rede representantes do Tribunal de Justiça, Ronda Maria da Penha, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Defensoria Pública, Polícia Civil (PC) e demais órgãos de combate à violência.

1 COMENTÁRIO

  1. Lei Maria da Penha é idiotice, o que evita estupro é a lei do revólver e da pistola. Mulheres lutem pelo porte de armas facilitado, que este governo Bolsonaro deveria ter feito e não fez, o Estado não garante sua segurança, muito menos que o agressor sofra a devida punição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome