Diretor-presidente interino da AMVS se diz “preparado” para assumir órgão municipal

4
Marcelo Gama, diretor da AMVS. (Foto: Antônio Carlos Miranda/Blog do Carlos Britto)

Com a saída de Anderson Miranda do comando da Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS) de Petrolina, o órgão da prefeitura vinculado à Secretaria de Saúde será chefiado interinamente por Marcelo Gama. Ele já fazia parte do governo, atuando na assessoria jurídica, e vinha colaborando com Anderson na AMVS, o que facilitou sua indicação por parte do prefeito Miguel Coelho.

Apesar da interinidade do cargo, Marcelo se disse preparado para assumir de forma efetiva a agência. “Sou muito grato ao prefeito pela oportunidade. Estou de forma interina, mas não vou medir esforços para que o prefeito e a população de Petrolina reconheça em mim o potencial para ficar de forma efetiva à frente da Agência de Vigilância Sanitária e do Centro de Controle de Zoonoses”, afirmou.

Marcelo disse estar ciente dos desafios que enfrentará, uma vez que já vinha colaborando com a gestão de Anderson. Citou o novo Código Sanitário que está sendo elaborado, frisando fazer parte da comissão, e por isso acredita que fará um bom trabalho de continuidade à frente da AMVS.

Elegendo prioridades, Marcelo disse que reforçará a parceria entre a direção, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a Polícia Civil (PC), sobretudo em relação a coibir a soltura de animais de grande porte no período noturno. “Acredito que neste segundo ano daremos uma resposta melhor à população quanto ao Centro de Zoonoses”, pontuou. Sobre a fiscalização da AMVS referente aos estabelecimentos de comidas e bebidas no réveillon, Marcelo justificou que se dará de forma preventiva, uma vez que são os mesmos que atuaram no São João da cidade e já tinham recebido as devidas orientações sanitárias sobre o comércio dos seus produtos.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dezenove − 2 =