Deputados pernambucanos visitarão Angra dos Reis para tirar dúvidas sobre usina nuclear que pode ser implantada no Sertão

7
Foto: Alepe/arquivo divulgação

Seis deputados estaduais de Pernambuco visitarão hoje (17) o complexo de usinas nucleares de Angra dos Reis, no Litoral do Rio de Janeiro, sob a coordenação de Alberto Feitosa (SD/foto), autor da PEC que altera na Constituinte estadual o poder de vedar o uso de energia alternativas.

Pernambuco e Minas disputam a sede da primeira unidade do projeto de expansão de energia atômica no país. Caberá ao presidente da Eletronuclear, Leomam dos Santos Guimarães – na função desde que Fernando Filho (DEM-PE) esteve à frente do Ministério de Minas e Energia – tirar, hoje, todas as dúvidas da comissão parlamentar pernambucana quanto aos riscos de uma usina nuclear, sobretudo em relação ao lixo atômico.

Esse, inclusive, é o maior receio da população de Itacuruba, no Sertão de Itaparica, onde a usina será construída, caso Pernambuco ganhe essa queda de braço com Minas. Com a colaboração de Anchieta Santos/para o Blog.

7 COMENTÁRIOS

  1. Publica o nome dos seis deputados. Nós Sertanejos vamos cobrar deles o por que dessa visita sem sentido.
    Não queremos porcaria de Usina nuclear no sertão.

  2. Existem mais de quatrocentas usinas nucleares no mundo em operação,quantos desastres registrados ?pouco em relaçao as hidreletricas que destruiram memorias e areas cultivaveis extremamente produtivas(:o que temer) essa região esquecida por todos quando aparece uma oportunidade de desenvolvimento se levantam pessoas desinformada contra;será que querem o melhor pra itacuruba?impedindo o município de crescer economicamente com os impostos da geraçao e empregos.

  3. Iranildo você mora onde, em que planeta?
    A Alemanha parou todas as usinas, o Japão também. Quer morar em Fukushima?
    Quem no mundo está construindo usina nuclear no momento?

    • Iranildoa cho que vc esta desinformado ta em construção mais uma em angra no pais Brasil, planeta terra .muitp bem pertinho de vc.e ja funciona a tempo. Qual o seu problema em não querer a usina justifique.

      Existem mais de quatrocentas usinas nucleares no mundo em operação,quantos desastres registrados ?pouco em relaçao as hidreletricas que destruiram memorias e areas cultivaveis extremamente produtivas(:o que temer) essa região esquecida por todos quando aparece uma oportunidade de desenvolvimento se levantam pessoas desinformada contra;será que querem o melhor pra itacuruba?impedindo o município de crescer economicamente com os impostos da geraçao e empregos.

    • Fukushima foi um desastre ocasionado pela força da natureza e o Japão se localiza no cinturão de fogo,é só o começo a natureza vai reagir mais ;so a mão do criador pode intervir.e morreu mais gente por causa de tsunami .

  4. Isso é ridículo, inadmissível porque será que tudo que não presta eles tentam trazer pro Nordeste, cadê que eles falam em criar poços para diminuir a falta de agua no Nordeste? Mas o que atrai políticos ladrões sempre foi e é, o montante de 30 BILHÕES que serão investidos nessa porcaria de usina que não serve pra nada. A transposição do Rio S. Francisco começou com R$ 4 bilhões já esta em R$ 12 bilhões e não concluirão ainda, agora com o Governo Bolsonaro finalmente vamos ter a conclusão. Um acidente Nuclear leva centenas de anos pra cessar a radiação nuclear, é uma reação em cadeia infinita, essa radiação não permite nenhuma forma de vida na área, sem contar o resíduo nuclear do Urânio que será descartado na natureza, quiçá até no leito do Rio. Isso séria a pior coisa para o Nordeste dos últimos anos, depois das quadrilhas de políticos ladrões que sempre exploraram a indústria da seca.

  5. O projeto dessas usinas nucleares são antigos, e sem sistema de segurança para desastres ambientais como o de Fukushima. Existe um projeto inovador para usina nucleares, desenvolvido pela fundação Bill e Melinda Gates que seria realizado em parceria com a China, e que poderia ser replicado pelo mundo futuramente, mas a guerra comercial entre EUA e China atrapalhou tudo. É um projeto inovador no ramo de energia e que utiliza o lixo atômico também. Só pra ter uma ideia, os EUA tem lixo atômico que pode ser usado para gerar energia por 125 anos. Infelizmente, teremos um projeto antigo, seja em Pernambuco ou em Minas Gerais.

Deixe uma resposta para Iranildo Cancelar resposta

Comentar
Seu nome

4 × 4 =