Deputado baiano afirma que Plano de Cargos e Salários dos servidores do MPBA terá impacto “mínimo” nos cofres estaduais

3

O projeto de lei que trata do Plano de Cargos e Salários dos servidores do Ministério Público da Bahia (MPBA) está parado há pouco mais de um ano na Assembleia Legislativa do estado. Hoje (08), em discurso no plenário, o vice-líder da oposição, deputado Bruno Reis (PRP), cobrou a aprovação da proposta.

A oposição aceita votar o projeto em caráter de urgência. Só depende agora da vontade do líder do governo, deputado Zé Neto (PT)”, afirmou.

Bruno afirmou que o impacto do projeto nos cofres do governo será “mínimo”. Segundo ele, “a proposta é importante para dar mais condições ao Ministério Público de enfrentar as demandas da sociedade. Ou seja, não se trata apenas de um projeto de interesse de uma categoria, mas de toda a sociedade baiana. É inadmissível que a Assembleia, que tem o papel de aprovar as leis, não exerça suas atribuições”, lamentou.

O deputado pediu ao presidente em exercício, deputado Leur Lomanto (PMDB), que interceda junto à bancada governista para colocar o projeto na ordem do dia. Ele lembrou que outros projetos semelhantes, a exemplo dos servidores do Poder Judiciário, foram apreciados e votados rapidamente. As informações foram repassadas ao Blog pela assessoria do parlamentar. (Foto/divulgação)

3 COMENTÁRIOS

  1. Não será de fato um grande impacto. Até porque o Ministério Público possui independência funcional. Trata-se de verba já prevista pela lei. O aludido projeto está parado na assembléia há mais de um ano. E pacientemente os servidores daquele Órgão aguardam sem deflagrar greve e consequentemente prejudicar a população.

  2. Alô pessoal de Juazeiro e região,este deputado tem profundas
    raízes com a nossa região pois o mesmo é filho de Batistinha,neto de seu Natan Reis(que foi vereador em petrolina) e de dona Lainha da florart que,loja de flores que fica próximo a igreja universal da praça21 de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome