Depois dos ovos e do bolo, é a vez do carro da pizza em Petrolina

4
Foto/reprodução

Quem mora em Petrolina já está habituado com o comércio informal que se espalha na cidade. Primeiro foi o carro do ovo, depois o do bolo. Agora, já se vende até pizza nessa modalidade.

No Bairro Areia Branca, por exemplo, o carro passa por várias ruas da comunidade vendendo pizzas de vários sabores e, principalmente, a preços atraentes para o consumidor. No Recife (PE), tem vereador querendo até limitar o horário de circulação desse comércio, por conta da Lei do Silêncio.

Mas verdade seja dita: independente de algum incômodo que possam criar, esses comerciantes sazonais mostram toda a inventividade do brasileiro diante de um cenário econômico ingrato. O importante é vender com qualidade. E, sobretudo, sobreviver.

4 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pela iniciativa destes guerreiros, sobrevivendo num pais onde 13 milhões de jovens e pais de família estão desempregados, e outros 40 milhões estão vivendo na informalidade, sem saber o que irão levar para casa no outro dia para alimentar seus filhos; Um país asfixiado por legislações trabalhistas, tributárias, normativas e regulativas idiotas e impostos excessivos, que condenam quem produz e beneficiam os vagabundos, políticos e seus amigos empresários e funcionários públicos que vivem nababescamente às custas dos outros. É bom ver que alguns tenham a válvula de escape e que há esperança pelo menos para alguns.

  2. Sinais dos tempos. Cumprindo todas as exigências sanitárias, pq não? “Delivery” como as outras pizzarias. Diferença por ser em tempo real. O consumidor, senhor da escolha, decide no ato.

  3. Não vejo problema algum… Todo mundo tem que arrumar uma forma honesta de ganhar dinheiro. Ainda nao vi esse, mas se ver e me agradar, pode ter certeza que irei comprar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome