Depois de interditarem ponte, moradores da Serra da Batateira cobram da Prefeitura de Juazeiro

por Carlos Britto // 31 de maio de 2024 às 11:32

Foto: WhatsApp/reprodução

Depois de interditarem momentaneamente a Ponte Presidente Dutra, um grupo de moradores da Serra da Batateira, na Zona Rural de Juazeiro (BA), se dirigiu ao Paço Municipal (sede da prefeitura) para reivindicar água nas torneiras da comunidade. O protesto foi batizado de ‘SOS Serra da Batateira’.

Munidos de faixas e cartazes, eles ocuparam a área externa do Paço, na tentativa de levar seu clamor à prefeita Suzana Ramos. Segundo informações, atualmente mais de 3 mil famílias residem naquela região, localizada próximo ao Bairro João Paulo II, mas apenas 60 casas possuem água encanada.

Depois de interditarem ponte, moradores da Serra da Batateira cobram da Prefeitura de Juazeiro

  1. Paulo disse:

    Esses vândalos tem de fazer protestos e na prefeitura e não impedindo quem quer ir trabalhar

  2. Nelzito pereira dos santos disse:

    Boa tarde.carlos britto.ha mais de 15 anos que moramos aqui,e é esse sofrimento sem água. Esperamos que os poderes público,municipal estadual e federal tenham a sensibilidade e tomem a decisão de nós ajudar -nos.

  3. Movimento com objetivo político ,fizemos movimento a prefeita se propôs a nos receber a líder desse movimento se negou a participar formamos uma comissão fomos muito bem recebido pela prefeita e equipe técnica do SAAE ficou tudo acertado para um projeto ,no dia seguinte essa senhora marcou outra reunião com o pré candidato Zo e diretor do SAAE deixando claro seus objetivos que não é de benefício coletivo

  4. Essa senhora Crislene filha do jornalista waltermario Pimentel tá sendo mal orientada , não tem foco em projeto de água para a comunidade,e sim tumultuar a administração municipal ,seu pai tem cargo na prefeitura estava no movimento com ele de amigo a prefeita não precisa de inimigo .,acorda Susana

  5. Ederson disse:

    Eu tinha médico hoje e eses malas foram fazer protesto vá ponte só pra atrapalha ali na ponte não vai resolver nada tem que ir pra frente da prefeitura e tomara que não resolvam pra aprender pra deixarem de atrapalha as pessoas de andarem na ponte vandalus vaga

  6. João Inácio saraiva disse:

    O objetivo da organizadora ( Crislene e seu pai Waltermario Pimentel ) é político ,pois a prefeita convocou Reunião pra discutir o projeto ela se negou participar .formei uma comissão composta eu saraiva ,Brito, Sra Rosilda,Ronaldo,outro amigo que não lembro o nome um moto taxista ficou acertado elaboração do projeto no dia seguinte ela fez reunião com pré candidato Zo com secretario do SAAE .,ora se a gestora do município bateu o martelo o secretário ia mudar ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. O empresário Josival Amorim, mencionado nos comentários do jornalista como estrategista, na verdade puxa o tapete de seu parente, Odacy…