Data do Enem é mantida em meio à pandemia; provas serão em 1º e 8 de novembro

1
Foto: Marcello Casal / Agência Brasil

Após considerar a possibilidade de adiar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em virtude da pandemia de Covid-19, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) manteve a data original da prova. O Enem acontecerá, na versão impressa, nos dias 1º e 8 de outubro. A versão digital será aplicada nos dias 11 e 18 do mesmo mês.

O período de inscrição acontece entre os dias 11 e 22 de maio. Vale lembrar que o participante que optar por fazer o Enem impresso não poderá se inscrever na edição digital. Após concluir o processo de inscrição, a opção não pode ser alterada.

O Inep também estipulou o dia 6 de abril como o início para os requerimentos de isenção de taxa de inscrição. As pessoas que podem solicitar o benefício são: quem está cursando a última série do ensino médio, em 2020, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar; quem cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, além de ter renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, e quem está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda, devendo informar o número de identificação social (NIS), único e válido, além de ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Os participantes que tiveram isenção em 2019 e se ausentaram em algum dos dias devem fazer a justificativa da ausência. O resultado dos pedidos será divulgado no dia 24 de abril. Os resultados finais estarão disponíveis no dia 7 de maio, cabendo recurso antes – entre os dias 27 de abril e 1º de maio.

Aqueles que necessitam da Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep devem fazer solicitações também entre os dias 11 e 22 de maio.

Novidades

Neste ano, será obrigatória a inclusão de foto atual do participante no sistema de inscrição. O valor permanece o mesmo do ano passado – R$ 85,00 – e deve ser pago até o dia 28 de maio. A estrutura da prova não foi alterada. Já o Enem digital segue as mesmas regras do impresso. Implantado pela primeira vez em 2020, até 100 mil pessoas poderão fazer a prova neste modelo. (Fonte: Agência Brasil)

1 COMENTÁRIO

  1. Não venha me dizer que era pra suspender o enem lá no fim do ano. Paranoia tem limite e a paciência do povo também. É mais: não vou ficar em casa e ponto final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome