Cristina Costa sobre inédita Comissão Parlamentar de Defesa dos Direitos da Mulher: “Salto de qualidade”

0
Foto: divulgação

Idealizadora de dois importantes projetos voltados à garantia dos direitos das mulheres petrolinenses no ano passado, quando era a única legisladora na Casa Plínio Amorim – já que Maria Elena (PRTB) havia se licenciado do cargo para assumir uma pasta no Governo Miguel Coelho -, Cristina Costa vê com bons olhos a iniciativa pioneira do município nessa área. Na sessão solene desta terça-feira (12), requerida por ela, a vereadora anunciou o início, na prática, de um dos seus projetos: a Comissão Parlamentar de Defesa dos Direitos da Mulher.

Inspirada numa Resolução que criou a Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos da Mulher na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), a comissão da Casa Plínio Amorim é pioneira no Estado entre as câmaras municipais. Com Maria Elena de volta ao cargo de vereadora, o colegiado não poderia ser composto de outra maneira: Cristina será a presidente e Elena a relatora. A comissão ainda tem o líder da bancada oposicionista, Paulo Valgueiro (MDB), como secretário, e Alex de Jesus (PRB) de suplente.

Para um público formado por mulheres de vários segmentos da sociedade de Petrolina, Cristina destacou a importância do município de dar “um salto de qualidade em relação ao compromisso, responsabilidade e respeito” não apenas às vítimas de violência doméstica, mas todas as mulheres. “Toda e qualquer decisão esta comissão vai ter a oportunidade de opinar, de apresentar propostas, de debater proposições que dizem respeito aos direitos das mulheres”, ponderou a vereadora.

Cristina destacou ainda que a tarefa do novo colegiado é organizar pareceres dos mais variados teores – sejam projetos de lei, músicas obscenas, entre outros – a fim de defender a valorização da mulher, especialmente a de Petrolina. Apesar da composição da Casa ainda ser amplamente masculina em sua maioria, ela disse que espera contar com seus pares para o êxito da comissão. “Nossos colegas, os homens, reconheceram a importância dessa comissão e querem contribuir”, completou.

Patrulha e Medalha

A solenidade de hoje na Câmara Municipal serviu também para a oficialização da Patrulha Maria da Penha, o outro projeto de Cristina. Várias convidadas à sessão – entre elas a atual vice-prefeita Luska Portela – ainda receberam a Medalha de Honra ao Mérito à Mulher, que leva o nome de Josepha Coelho, um dos símbolos femininos mais importantes da história de Petrolina. Além disso, a partir de agora finalmente a tribuna da Casa passa ser estampada com a imagem da ex-vereadora e ex-deputada Isabel Cristina. Esse projeto, também de Cristina Costa, havia sido aprovado há seis anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome