Criadores pernambucanos têm até dia 30/11 para vacinarem rebanho contra febre aftosa

0
Foto: Ascom Adagro/divulgação

Os criadores pernambucanos têm até o dia 30/11 para aderirem à Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa. Esse é o prazo para que eles comprem a vacina nas lojas agropecuárias e declarem seus rebanhos. Todos os bovinos e bubalinos com até dois anos de idade devem ser imunizados. Já os animais com idade superior a essa devem ser apenas declarados. A segunda etapa da campanha começou no dia 1º/11 com a estimativa de vacinar 526.792 animais. O rebanho total do Estado é de 1,8 milhões de bovinos.

O criador que só tem animais acima de dois anos de idade precisa declarar esse rebanho e as outras espécies existentes na propriedade rural. “A atualização cadastral é de extrema importância para as atividades desenvolvidas pela Adagro, pois por meio dela podemos planejar melhor nossas atividades e agir com maior rapidez em caso de foco de alguma doença”, explicou o presidente da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro), Paulo Roberto Lima.

A multa para quem deixar de declarar o rebanho é de R$ 300,00 por propriedade rural. Já para quem deixar de vacinar é de R$ 60,00 por animal, além de ficar impedido de retirar a Guia de Trânsito Animal (GTA) – documento necessário para levar o animal a feiras, eventos agropecuários, abate e a outras propriedades. Atualmente 30% do rebanho já foram imunizados, mas ainda há mais de 49 mil produtores inadimplentes.

Os criadores podem aproveitar o período estratégico de imunização da faixa etária de até dois anos para vacinar também as bezerras de 3 a 8 meses contra a Brucelose.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome