Cooperação técnica beneficiará quase 3 mil fruticultores do Norte baiano

por Carlos Britto // 28 de abril de 2023 às 15:24

Foto: Ascom Seagri/divulgação

Cerca de 3 mil pequenos fruticultores instalados em perímetros irrigados na região do Vale do São Francisco, Extremo-Norte da Bahia, estão aptos a receber assistência técnica, orientação e acesso à tecnologia para monitorar e combater a mosca das frutas. A iniciativa consta em três acordos de cooperação técnica e financeira firmados entre a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura da Bahia (Seagri), Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae), Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas) e a Federação da Agricultura do Estado da Bahia/Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Faeb/Senar).

Os acordos foram articulados pela Seagri e assinados em solenidade realizada no Centro de Excelência em Fruticultura do Senar, em Juazeiro, na terça-feira (25). “Essas iniciativas vão permitir a destinação de R$ 3 milhões para apoiar pequenos produtores de frutas aqui do Vale, sobretudo de uva e manga. Esses dois produtos possuem alto interesse do mercado externo, a exemplo do europeu e do norte-americano“, afirmou o titular da Seagri, Wallison Tum.

Hoje, a mosca das frutas representa o maior risco para o ciclo da fruticultura no norte baiano. Sem o controle da praga, os atores da cadeia produtiva ficam expostos, podendo afetar o fluxo de vendas para o mercado externo. Somente as exportações de uva e manga colhidas na região movimentam mais de R$ 2 bilhões ao ano, gerando empregos e renda.

Os convênios assinados preveem investimentos de R$ 2 milhões, sendo R$ 1,4 milhão do Sebrae/BA, R$ 300 mil da Seagri e outros R$ 300 mil da Abrafrutas. Os técnicos vão oferecer orientação e formação, trabalhando em conjunto com aqueles que plantam para o monitoramento das ameaças. Ainda em fase de ajustes e com o mesmo objetivo, há um novo termo de cooperação técnica e financeira, da ordem de R$ 1 milhão, que será firmado entre Sebrae e a Federação da Agricultura do Estado da Bahia (Faeb/Senar).

Bahia-Pernambuco

Também no evento em Juazeiro o secretário Wallison Tum e o diretor geral da Adab, Paulo Sérgio Luz, assinaram um protocolo de ações para implantar a Zona de Proteção Fitossanitária, compartilhada pelos estados da Bahia e de Pernambuco, no Vale do São Francisco. Esse é o primeiro desdobramento de um convênio de cooperação firmado entre os dois Estados em 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. A situação não é fácil, porém não acho que devemos condenar o rapaz com tanta violência. Quem nunca errou que…