Contrariando mais uma vez as recomendações médicas, Bolsonaro participa de ato por intervenção militar no país

25
Foto: Facebook/reprodução

O presidente Jair Bolsonaro voltou a desafiar as recomendações de autoridades sanitárias e compareceu no início da tarde deste domingo, 19, a uma manifestação em frente ao QG do Exército, em Brasília. O protesto organizado por bolsonaristas tinha como motes o fim do isolamento vertical, ataques ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e pedidos como o de intervenção militar e de volta do AI-5, o mais brutal ato do governo militar durante a ditadura, responsável pelo fechamento do Congresso e por limitações aos direitos individuais. No início da tarde, Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada.

O destino era desconhecido, mas pouco depois as redes sociais do presidente exibiram transmissão ao vivo em que o mostra chegando à manifestação e cumprimentando populares.

Na manifestação, centenas de pessoas estão aglomeradas, prática desaconselhada diariamente pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em tempos de pandemia, manifestantes, em sua maioria, sem máscara. Um cordão de isolamento de forças de segurança, sem equipamentos contra o contágio, teve de ser montado de última hora com a chegada do presidente. Aos gritos de “mito”,queremos intervenção” e “a nossa bandeira jamais será vermelha”, manifestantes portavam bandeiras do Brasil e faixas com dizeres como “Intervenção militar com Bolsonaro”, “fora Maia”, em referência ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e “A voz do povo é soberana”. No protesto, ouviam-se apelos pelo fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Eu estou aqui porque acredito em vocês. Vocês estão aqui porque acreditam no Brasil. Nós não queremos negociar nada. Nós queremos é ação pelo Brasil. O que tinha de velho ficou para trás. Nós temos um novo Brasil pela frente. Todos, sem exceção no Brasil, tem de ser patriotas e acreditar e fazer a sua parte para que nós possamos colocar o Brasil no lugar de destaque que ele merece. Acabou, acabou a época da patifaria”, discursou o presidente.

Cautela

Ao contrário de outras vezes em que desobedeceu as orientações por isolamento vertical, Bolsonaro não chegou próximo aos manifestantes e tampouco apertou a mão de apoiadores, como recentemente ocorreu na visita ao canteiro de obras de um hospital de campanha nos arredores de Brasília. Ele optou por subir na carroceria de um veículo policial e acenou, à distância, para a população. (Fonte: Veja Online)

25 COMENTÁRIOS

  1. Imaginem se o PT, quando estava no poder, tivesse proposto à volta do AI 5, o que estes animais achariam.
    Estamos no fundo do poço.
    Parabens aos responsáveis, pela eleição de um desequilibrado, despreparado e antidemocrático.

  2. Virou uma seita. Loucos seguidores de um terrorista. Sabia que ia dar nisso.
    Sem ir ao debate em campanha eleitoral, simulação de facada, 39 kg de pó no avião da FAB, família envolvida com milícia e assassinato da vereadora. Esperar mais o que?
    Desgoverno. Quem votou nesse traste que ache a saída que por cima encontra uma pandemia mundial dizendo resfriadinho.
    Eu disse: O negócio é sério!
    Levaram em brincadeira,
    Se lascaram.

  3. O mais interessante disso tudo é que fica o monte de gente dizendo que o bozo é doido, realmente foi o único presidente que deu a cara para bater, contra esse monte de bandido que está co congresso, STF e CNJ aí fica um monte de esmolê dizendo que ele é o culpado do país está assim, mais não lembram com o PT entregou o país, vão para puta que pariu.

    • Deu a cara a bater aprovando Fundão eleitoral, aprovando petista na PGR, amigo de Toffoli na AGU, Maia na presidência da Câmara, Alcolumbre no senado, dois picaretas do MDB amigos de Maia como líderes do governo no congresso? Juiz de garantias, advogado de partido pago com dinheiro do fundão, COAF no ministério da economia? Vai com tua gadagem para lá.

      • Cara, tu é doido? TODAS as situações que você citou são providas de peculiaridades que, vendo ao alto, por si acarretariam consequencias piores caso não tivessem ido a cabo. Vejo há meses você dando pitaco em todo mundo aqui como se fosse alguém com entendimento e intelecto superior a todos e todas, mas vejo que é um reles segudidor de bandidos, ou um daqueles idiotas que não sabem ser outra coisa que auxiliar – ou acessor – de alguém- de qual vereador da esquerda será??. Sujeito sem identidade ( Ou Defensor da Liberdade está registrado em cartório?), sem posição, e portanto sem vergonha. Vai trabalhar, acessorzinho…

        • Quais as peculiaridades, salvar o filhinho que está com a corda no pescoço, tanto é que quando da criação da CPI lava toga Flavinho andou visitando todos os senadores e deputados para não assinarem?

          Se toca meu filho, antes de vir falar besteira contra mim, vai ler uns 200 livros, aí tu volta aqui para discutir comigo. Pilhas e pilhas de livros e um intelecto super desenvolvido é a distância que nos separa. Tu lá sabe de peculiaridade nenhuma, sabe nem onde fica os buracos do nariz…

          Sobre meu pseudônimo, achou ruim é só vir dar jeito, o que eu não recomendo…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome