Conta da Celpe fica mais cara este mês

por Carlos Britto // 03 de janeiro de 2009 às 22:50

Os consumidores pernambucanos estão sendo surpreendidos com uma cobrança retroativa da Celpe em suas contas de dezembro e janeiro. Os valores atrasados equivalem, em média, a 50% do gasto corrente do consumidor. A cobrança refere-se a um atrasado de cinco meses relativos a 2005.

Naquele ano, a Celpe passou pela primeira revisão tarifária. O alto reajuste autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mobilizou parte da sociedade a lutar contra o aumento. Argumentava-se que os custos apresentados pela Celpe estavam inflados pela energia (na época) mais cara comprada da Termopernambuco – controlada pelo mesmo grupo que detém a Celpe.A Aneel autorizou um reajuste de 24,43% em 2005, seguidos de um resíduo de 8% a ser cobrado em 2006, 2007 e 2008. Por uma decisão do então juiz da 3ª Vara da Justiça Federal, Manoel Erhardt, o consumidor pernambucano ficou cinco meses pagando um reajuste menor em 2005, de 7,4% – valor calculado justamente pela exclusão do impacto na tarifa da energia que a Celpe compra da Termopernambuco.De maio a setembro, a alíquota menor vigorou por causa da liminar da Justiça. Em setembro, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) cassou a liminar, mas a questão continuou tramitando para decidir o mérito do questionamento. Finalmente, no dia 2 de dezembro de 2008, a 4ª turma do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região manteve o aumento da conta de energia conforme calculou a Aneel. Com isso, abriu-se o caminho para que a Celpe cobrasse finalmente os valores do período em que o reajuste menor vigorou.

Fonte JC

Conta da Celpe fica mais cara este mês

  1. Recife disse:

    Gostaria de saber como ficam as condiçoes de quem esta alugando imovel, e esta recebendo tal fatura…Como fica…E a escola de nossos filhos… estamos em janeiro..pelo amor de Deus MP… faça alguma coisa…Minha família não pode sofrer mais do que já esta…

  2. Caruaru disse:

    A-b-u-s-i-v-o. PROCON NELES!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.