Consórcio do Território do São Francisco tem contas de 2014 aprovadas com ressalvas

0

sede do constesf em juazeiro bahiaO Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-BA) decidiu pela aprovação das contas do Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf), referente ao ano de 2014. O TCM considerou o exercício financeiro de 2014 do Constesf, presidido pelo prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente Berti Torres Sanjuan, regular, porém com algumas ocorrências e recomendações – segundo o relator do processo, Plínio Carneiro Filho.

De acordo com Luiz Vicente, a aprovação das contas é a prova da seriedade com que o Constesf desenvolve suas atividades. “Estamos muito satisfeitos com o resultado final do nosso trabalho, temos nos empenhado para cumprir com o objetivo do consórcio, que é desenvolver uma gestão púbica associativa entre as prefeituras do território, trabalhando pelo coletivo e buscando melhoria para todos os municípios. Tivemos nossas contas aprovadas, porém com algumas ressalvas que serão corrigidas ao longo de 2016. Temos uma equipe competente que já está trabalhando para corrigir, de acordo com as recomendações”, declarou.

Constesf

O Consócio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território Sertão do São Francisco é uma associação pública de direito público fundada em 15 de outubro de 2009, com base na Lei Federal 11.107, fruto de um longo processo de articulação para o desenvolvimento de política territorial nos 10 municípios do Território do Sertão do São Francisco na Bahia. As cidades consorciadas são Sobradinho, Casa Nova, Juazeiro, Remanso, Uauá, Sento Sé, Curaçá, Pilão Arcado, Campo Alegre de Lourdes e Canudos – todas no norte baiano.

O Constesf possui como objetivo a realização de serviços públicos, associados ou não a obras, nas áreas de educação, saúde, agricultura familiar, saneamento, energia, transporte, meio ambiente, segurança, entre outras. (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome