Condenado por crime contra o patrimônio, prefeito eleito de Pesqueira se prepara para novas eleições

0
Foto: reprodução

Em Pesqueira, no Agreste pernambucano, uma nova eleição já está a caminho. Isso porque o prefeito eleito em 20 de novembro de 2020, Cacique Marquinhos (Republicanos), ficou impedido de assumir o cargo, depois de ser condenado por crime contra o patrimônio privado.

O cacique vinha respondendo a um processo criminal há 18 anos, por ter participado de um incêndio na Vila de Cimbres, zona rural de Pesqueira. O caso já transitado em julgado em fevereiro de 2015, foi encerrado, condenando Marquinho a uma pena de 10 anos, 4 meses e 13 dias, além de multa.

Quando vai acontecer uma nova eleição ainda é um mistério, pois está nas mãos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Há quem diga que o cacique ainda pode assumir a prefeitura e passar superar toda essa turbulência, mas por outro lado, as articulações pelos bastidores já correm soltas para uma possível nova eleição na cidade. Haja bronca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome