Comunitário reclama de poeira nas calçadas deixada por empresa que realiza pavimentação de ruas no Jardim Amazonas

9

No Bairro Jardim Amazonas, zona oeste de Petrolina, as obras de pavimentação têm sido elogiadas pela comunidade. No entanto também sobra espaço para algumas observações. É o caso do morador Marcos Melo. Ele reclama da terra proveniente do serviço, que ficou pelas calçadas da vizinhança na Rua José Cantalice.

Confiram:

Os órgãos competentes de fiscalização de obras públicas da Prefeitura Municipal de Petrolina devem acompanhar melhor a execução das obras de pavimentação nas ruas do município.

A Rua José Cantalice, do bairro Jardim Amazonas, encontra-se pavimentada, porém a empresa responsável pela obra não retirou a terra das calçadas, gerando inconvenientes aos pedestres que transitam pela rua. A terra é proveniente das obras de terraplenagem e imprimação realizados.

Este serviço feito por etapas tem sido moroso, o que tem causado enormes transtornos e aborrecimento aos moradores ao longo de seis meses.

Marcos Melo/Morador

9 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia.
    Pense no lado bom, senhor! Toda obra que fazemos na nossa casa deixa poeira. A rua vai ficar bonita, quantos moradores de outros bairros gostaria que essa poeira estivesse acontecendo para ter sua rua asfaltada.

  2. Pelo que observei na reclamação não é sobre poeira e sim é sobre os entulhos que a empresa deixou sobre as calçadas e ele estar certíssimo pois ela “empresa ganhou o dinheiro público para fazer um bom serviço não gambiarras”,pois se deixar o serviço pela metade alguém ganha com isso e não é a sociedade.

  3. SE O LOCAL AO QUAL O LEITOR SE REFERE FOR ESTE QUE APARECE NA FOTO, NÃO É POEIRA NÃO , É UM MONTE DE TERRA E A EMPRESA TEM QUE RETIRAR MESMO. ISSO AÍ NÃO TEM COMO OS MORADORES VARREREM, COMO NO CASO DE SENDO POEIRA. QUANDO ASFALTARAM MINHA RUA A EMPRESA RETIROU, SEM DEIXAR PASSAREM SEIS MESES, COMO FOI DITO NA MATÉRIA E SEM PRECISAR NENHUM MORADOR RECLAMAR NO BLOG. ESSA MATÉRIA PARECEU TENDENCIOSA COM O INTUITO DE RIDICULARIZAR O LEITOR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome