Comunitário reclama de lixo queimado dentro de escola na Areia Branca

por Carlos Britto // 07 de agosto de 2013 às 21:00

lixo escola maroquinhalixo escola maroquinha (2)O comunitário Victor Muryel se diz aborrecido com um fato que vem acontecendo na Escola Professora Maroquinha, no bairro Areia Branca, zona leste de Petrolina.

Confiram:

Venho relatar os acontecimentos que estão incomodando os moradores do Bairro Areia Branca, para ser mais preciso os que moram ao redor do Centro de Educação Professora Maroquinha. Há muito tempo que o colégio clama por reparos, pois a cada dois ou três anos a única coisa feita é passar uma tinta para maquiar a fachada da escola.

Após várias reclamações de vizinhos quanto ao aparecimento de cobras, baratas e ratos nas suas residências, a atual gestora do local viu-se obrigada a fazer uma limpeza na quadra da escola, que deveria ser usada pelas crianças do colégio para prática de educação física. Pois bem, há anos que a quadra não é utilizada para nada, só para depósito de lixo e animais peçonhentos.

O problema e que os trabalhadores que estão fazendo a limpeza da quadra estão queimando o lixo, que deveria ser colocado em local apropriado, com isso causando desconforto à vizinhança. Na minha casa moram pessoas idosas e crianças. A minha avó precisa estar tomando nebulização devido à fumaça causada pela queima do lixo.

Já conversei com a diretora do local, mas a mesma fecha os olhos para o problema que está causando. Liguei para a polícia, Corpo de Bombeiro e Ministério Público, e ninguém faz nada. Lembrando que a queima de lixo é uma prática proibida e considerada crime ambiental.

Victor Muryel/Comunitário

Comunitário reclama de lixo queimado dentro de escola na Areia Branca

  1. Ana disse:

    Tenho uma filha que estuda nessa escola á dois anos, e nunca fez nenhum desporto na quadra do colégio. Sem falar que nas salas o teto só falta cair na cabeça das crianças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *