Comunitário faz apelo para animal com suspeita de calazar e critica serviço do Centro de Zoonoses de Petrolina

1

image001Não é de agora que moradores de Petrolina mostram-se preocupados com a presença de animais doentes que circulam pela cidade. O comunitário Ricardo Paiva, por exemplo, está indignado não só com este fato, mais também com a falta de providências por parte do Centro de Zoonoses da cidade.

Em contato com o Blog, Ricardo disse que sua preocupação ocorre por conta de uma cadela que circula na Avenida Barão do Rio Branco, Centro da cidade, com suspeita de Leishmaniose (conhecida como calazar). O comunitário disse que já ligou por duas vezes pedindo o recolhimento do animal, mas nunca foi atendido.

Já liguei duas vezes solicitando uma captura de uma cadela de rua e até hoje o animal ainda encontra-se solto. A cadela está com sinais visíveis de calazar, uma doença que pode ser transmitida para as pessoas. Inclusive eu sou morador desta rua e nós tínhamos uma cadela poodle, mas tivemos que sacrificá-la, pois ela também adquiriu esta doença. Precisamos de uma providência urgente, pois este animal pode ser uma transmissor de calazar”, disse.

Em relação à denúncia, a assessoria de comunicação da prefeitura informou que a coordenação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) já havia enviado uma equipe ao local, porém o animal não foi encontrado. A assessoria disse ainda que enviará uma equipe ao local na tarde desta quinta-feira (20) para fazer o recolhimento do animal. A captura somente não será realizada se a cadela não for encontrada.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome