Comunitário de Izacolândia denuncia vereador eleito por suposta compra de votos

12

julio-cesar-monteiro

O vereador eleito por Petrolina, Domingos de Cristália (PSL), foi denunciado ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE), ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) e à Polícia Civil pelo líder comunitário do distrito de Izacolândia (zona rural da cidade), Júlio César Monteiro dos Santos (foto), por suposta compra de votos. (veja aqui)

Segundo Júlio César, que concorreu às eleições este ano pelo PSC e obteve nas urnas 312 votos, o vereador eleito teria usado a máquina pública “para comprar o povo que não tem muita filosofia (pessoas com pouco estudo)” no distrito.

Tudo que comprova a veracidade dos fatos foi protocolado junto à Justiça. Inclusive ele fez ameaças, mandando dois cidadãos irem na minha casa me ameaçar de forma física. Eles foram dizer que se eu seguisse com a denúncia, ele [Domingos] tinha dinheiro e poder para fazer qualquer coisa comigo. Se a candidatura dele fosse atrapalhada, eu pagaria por isso”, contou Júlio César.

De acordo com o denunciante, foram entregues ao MPPE imagens e áudios que comprovariam a compra de votos. “Foram entregues ao Ministério Público imagens e áudios que comprovam tudo. Caçambas de aterro e uma máquina locada especificamente para atender o pessoal de Izacolândia. A compra de votos sendo utilizada. Algumas pessoas ainda receberam máquinas em roças e carros-pipa”, afirmou.

Resposta

O Blog procurou Domingos de Cristália para comentar sobre a denúncia. Ele negou tudo e disse que não tem nada a dizer sobre isso, inclusive porque a Justiça não lhe notificou.

12 COMENTÁRIOS

  1. Recalque de perdedor! Ele ajudou o povo buscando melhoria para a comunidade, a resposta veio nas urnas, só em izacolândia foram 1400 votos para domingos e esse aí teve apenas 312 votos em todo município!
    Quem será que está ao lado do povo?

  2. Quem defende compra de voto deveria ir preso , oquer acontece é q tem gente q tava apostando no cargo de assessor agora a casa Caio ele deve te comprado muito principalmente lá em local de gente simples

  3. Primeiro, meus parabéns pela denúncia. O que você tem de coragem, falta na cidade inteira, uma vez que a compra de votos foi escancarada no bairro Areia Branca. Corre pelo youtube um vídeo de um dos eleitos, supostamente comprando votos. Na verdade, o político lixo acha sempre um eleitor igual a ele, lixo também, para um comprar e outro vender o voto. Por isso que eu sempre digo: há diferença entre ganhar e levar. Quem ganha eleição, ganha na raça. Quem leva, não tem critérios, serve o mandato conseguido de todo jeito, por que para esse tipo de bandido o que interessa é o status e o caminho para se locupletar por intermédio do mandato. Finalizo dizendo que o povo tá tão corrompido, a ponto de entender que o errado na história é você. É fim.

  4. Carlos Brito, se disser foge quem comprou voto não sobra um ,. Denuncias feitas, provas entregues inclusive por meio de filmagens , audios e fotos e nada acontecerá.Triste essa dura realidade….o povo amargara o preco alto das eleiçoes 2016.

  5. Conheço Júlio César, um cara íntegro, honesto e trabalhador, sempre preocupado e atento aos problemas de Izacolândia. Não soube que vc foi candidato Júlio, por isso não votei em vc, da próxima procure os amigos! Quanto a Denúncia, não posso dizer nada uma vez que não conheço o denunciado, se ele estiver errado que pague o erro que cometeu. enquanto o eleitor comprar votos, o Brasil será esse poço de incompetência generalizada em todas as esperas administrativas!! Pelo pobre só Deus!

  6. A compra de votos desse candidato eleito foi algo absurdo, desde carros pipas, caçambas de areia, dinheiro com camisa, e mais outras coisas, nao só na comunidade de izacolandia, mais também no interior. Até camisas com o número, ele mandou fazer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome