Comunitária denuncia “várias irregularidades” em eleição para conselheiros tutelares de Petrolina

9

ação contra eleição conselho tutelarA eleição para conselheiros tutelares de Petrolina, realizada no último domingo (4), está gerando controvérsias na cidade. Segundo a comunitária Michelle Daiana, o processo “está cheio de irregularidades”.

Numa carta de repúdio, ela elencou as principais e disse que a justiça está sendo acionada no sentido de anular a eleição. Confiram:

CARTA DE REPÚDIO À ELEIÇÃO DE CONSELHO TUTELAR DE PETROLINA

Prezados,

Dia 04 (domingo) passado houve uma eleição para escolha de 10 conselheiros para região de Petrolina.

Venho por meio desta, como cidadã, repudiar a forma como foi conduzido todo o processo e o desrespeito a população, pois não houve a devida divulgação.

Escolheram uma escola para três ou quatro bairros de milhares de eleitores votar, e isso em apenas uma sala, que gerou grandes e cansativas filas para quem foi votar e anda muitos voltaram sem votar.

De todos os votantes nenhum recebeu comprovante que votou.

Outros…

1º – Em reunião com todos os candidatos, foi avisado em público pela comissão que poderia votar apenas com RG. Isso foi um absurdo que prejudicou muitos candidatos, pois várias pessoas foram votar com RG e foram barradas, mas em outros locais de votação aceitavam…

2º – Não houve fiscalização de nenhum órgão no dia da votação.

3º – As cédulas de votação que foram usadas são facilmente adulteradas.

4º – As urnas foram pegas nas escolas por um servidor do município sem nenhuma escolta e sem nenhum acompanhamento.

5º – Muitas urnas chegaram sem lacre.

6º – Demora na apuração, além de iniciar não no outro dia, demorou dois dias para serem apuradas.

7º – Urna com diferença de votos, que após duas noites, misteriosamente chegou-se a mesma quantidade de votantes totais e votos.

8º – votos apenas com RG e sem título.

10º – Cédulas só a metade.

11º – No dia da eleição, vários candidatos locaram ônibus, vans, e como não teve nenhuma fiscalização, aquele candidato que se preocupou em seguir as regras, perdeu muitos votos.

12º – Candidato apoiado por partido.

13º – indício de compras de votos nos bairros.

 Nota: Há muito mais, pois estão impetrando na justiça ação para anular esta eleição fajuta. (Anexo)

 Michelle Daiana/Comunitária

9 COMENTÁRIOS

  1. Eleição fraudulenta, pura irregularidade, eleição maquiada hum desrespeito com os candidatos onestos e com a população. Uma vergonha essa prefeitura, digo sim a anulação desta palhaçada chamada de eleicao.

  2. Todo o processo foi acompanhado por autoridades do nosso município, pelos fiscais do candidatos e pelos próprios postulantes. O Ministério Público Estadual esteve presente em todo o processo e o próprio Juiz de Direito da Vara da Infância e Juventude acompanhou o processo de apuração in loco. Significa dizer que a lisura esteve presente durante toda a eleição. Ademais, o discurso dessas pessoas inconformadas com a derrota só demonstra a falta de humildade em assumir que perder faz parte do jogo. Anular uma eleição em que mais de 16 mil petrolinenses foram às urnas representa uma afronta aos candidatos eleitos, à sociedade e sobretudo, ao eleitor.

  3. Se em um processo eleitora normal há fraudes, imagina em um processo em que corre tudo isso. Grande vergonha! A intenção de se fazer votação até que é boa, porém deve haver um mínimo de lisura ao processo.

    • Realmente é uma grande vergonha. Claro, que a intenção de se fazer uma votação é boa, porém quando essa é levada a sério sem desrespeitar os outros candidatos e a população, porque nessa eleição só foram eleitos quem eles quiseram eleger.

  4. Eu como eleitora fiquei horrorizada em ver tantas irregularidades. E diante de tanta desorganização, ficou muito fácil fraudar o resultado. Fora isso, minha Tia, a qual é analfabeta, foi impedida de votar. A anulação dessa eleição seria mais que justa para a população.

  5. Qualquer pessoa de bom senso crítico e moral pode perceber que a forma como foi ocorrida todo o processo foi realmente muito desrespeitosa. Foi tudo muito desorganizado e fraudar o resultado foi o de menos. Enfim, boa sorte para aquelas pessoas, as quais recorreram a justiça e não se deixaram intimidar. Que a justiça seja feita e a honestidade prevaleça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome