Comunidade de Dormentes lamenta situação de escola municipal

0

Dormentes1

Dormentes2A comunidade do povoado de São Bento, no município de Dormentes (PE), Sertão do São Francisco, não esconde a indignação pelo estado em que se encontra a escola municipal João Malaquias Nunes. De acordo com o comunitário Messias José, a escola não apresenta nenhuma segurança para os estudantes, nem para o patrimônio do estabelecimento. A começar da entrada, que sequer tem portão.

Revoltado, Messias cobra providências urgentes da administração municipal para tentar resolver o problema.

Confiram seu relato:

Inconformados com a situação em que vive a escola João Malaquias Nunes, no povoado de São Bento, interior de Dormentes, os comunitários chamam a atenção para os problemas e pedem que a Secretaria de Educação e o prefeito do município, Roniere Reis, resolvam os problemas da escola, como por exemplo, a entrada que foi aberta na parte frontal para facilitar o acesso. Há mais ou menos um ano nunca foi instalado esse bendito portão, sendo obrigada a comunidade a fechar de madeira para que a escola não vire alojamento de animais.

Todos os moradores estão preocupados, pois a escola não tem o mínimo de segurança, como se pode observar nas fotos. Sem contar que existem diversos objetos elétricos e eletrônicos, tais como computadores, impressoras e muitos outros que ficam guardados, mas ao mesmo tempo desprotegidos, pois a escola municipal funciona nos períodos da manhã e tarde com apenas um vigia, e durante a noite fica jogada às baratas.

Pedimos que as autoridades de Dormentes tomem alguma providência o mais rápido possível.

Messias José/ Comunitário-Dormentes (PE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

2 × 4 =