Compesa diz que buraco na Vila Mocó foi provocado porque material estava em “adensamento”

por Carlos Britto // 22 de março de 2013 às 13:02

ônibus atoladoApós as reclamações da comunidade, a assessoria de comunicação da Compesa enviou uma nota ao Blog na qual explica os motivos que teriam provocado o buraco na Vila Mocó em Petrolina.

A companhia explicou que os serviços executados no bairro, fazem parte da obra de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário da Cidade e que no local, a vala teria sido aberta para a implantação dos tubos e logo após, coberta com material adequado.

No entanto, segundo a assessoria, a empresa estava aguardando o período de adensamento do material, que é necessário para evitar rebaixamento futuro do pavimento, para logo após iniciar a recuperação do asfalto. A companhia explicou ainda que a EPTTC havia sido comunicada dos trabalhos, que estavam dentro dos prazos técnicos. Segundo a Compesa a previsão é que esta etapa seja concluída em abril.

Compesa diz que buraco na Vila Mocó foi provocado porque material estava em “adensamento”

  1. Caio souza disse:

    Percebe-se na foto que esse trecho tem pouco mais de 1m de largura,oque poderia ser evitado,isolando-se a área,já que estavam esperando o “adensamento” do solo.

    Percebe-se também que não houve um pré-compactação do solo,oque poderia ter evitado tal situação.

  2. Amo Minha Petrolina disse:

    Quando a chamamos de Empresa Petrolinense de Trânsito e Transportes Caoticos, não estamos exagerando, todo mundo tá careca de saber que existe um tempo de cura e adensamento em qualquer serviço que se faça no piso de qualquer rua ou avenida com quaisquer materiais argilosos. Agora, cá pra nós é muita falta de conhecimento, é muito amadorismo nessa EPTTC, pessoal convenhamos. Estão igual a cego em tiroteio, estão perdidos, bricando com a coisa publica. Dr. Julio pelo amor de Deus, nós não suportamos mais, tanta inexperiência.

  3. Cicero disse:

    é isso mesmo Caio Souza, não existe esta de “periodo de adensamento”. Deveria ter sido feito a compactação do solo durante o reaterro.
    É a mesma coisa que remendar o pneu do carro e ele secar assim que você sair da borracharia e o borracheiro dizer que você deveria ter esperado o “periodo de remendo”.
    Será que não existe fiscalização para este tipo de serviço?

  4. Snoop disse:

    E só avisam agora? Por que não isolaram antes? Vão jogar a culpa pra EPTTC?

  5. Diego disse:

    Espero um dia ver os problemas solucionados, pois a compesa vive de quebrar as ruas de Petrolina: Até quando?

  6. ACORDA BRASIL disse:

    TUDO QUE A COMPESA FAZ DEIXA RASTO DE IMUNDIÇIE SE NÃO BASTASSE CONVIVERMOS COM A POEIRA CAUSADA PELAS OBRAS AINDA EXISTE O DESCASO DE DEIXAR A AREIA TIRADA NO MEIO DO ASFALTO ,COMO FOI DEIXADO NA AV JUSTINA FREIRE QUASE UMA CAÇAMBA DE ENTULHO NA ESQUINA DA RUA IMPEDINDO OS AUTOMÓVEIS TRANSITAR ,E IMPEDIDO A PASSAGEM DA ÁGUA COMO VIMOS AGORA NO DIA QUE CHOVEU.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Foto historica, de pessoas que contribuiram enormimente para o progresso da nossa regiao.