Começam as vistorias e estádio Paulo Coelho caminha para a reprovação

por Carlos Britto // 04 de janeiro de 2009 às 18:35

Amanhã começa a vistoria final dos 12 estádios que serão utilizados no Pernambucano. Segundo o vice-presidente da FPF, João Caixero, a última avaliação antes do início da competição será acompanhada pessoalmente pelo mandatário da FPF, Carlos Alberto Oliveira. Todas as praças ainda apresentam pendências, desde laudos do Corpo de Bombeiros até a aprovação do Ministério Público (MPPE). Um dos locais em situação mais delicada é o estádio Paulo de Souza Coelho, em Petrolina. A estrutura da arquibancada foi vetada pelo MPPE.
O presidente do Petrolina, Jefferson Correia o Ferson, disse que o orçamento para a reforma (e ampliação) do local está orçada em R$ 240 mil. No entanto, a prefeitura ainda não liberou a verba. Assim, a FPF já determinou que os primeiros jogos da Fera Sertaneja serão disputados em Salgueiro. O primeiro jogo do representante do São Francisco será em 14 de janeiro, contra o Central. Com o objetivo de tentar evitar um prejuízo nos jogos como mandante, Jefferson Correia tentou convencer a direção da FPF para mudar o jogo para o estádio Adauto Moraes em Juazeiro, na Bahia. A ideia, porém, foi vetada por João Caixero.

Começam as vistorias e estádio Paulo Coelho caminha para a reprovação

  1. marco antonio souza disse:

    gostaria que a mesma preocupação do presidente do petrolina para com o estadio fosse para montar um time para representar nossa cidade com ela merece pois os dois times daqui o 1 de maio e petrolina se queixam que os empresários não investem porem eles deveriam saber que o futebol de petrolina já tem mais de dez anos de proficional não tem campo para treino,ônibus para vigens não tem,sede própia não tem, diretoria atuante não tem ai eu digo e culpa de quem do time ou dos emprésarios.todo ano e mesma história se improvisa técnico e preparador físico e o mesmo os jogadores figurinhas repitidas totalmente desorganizados e só se coloca a culpa na imprensa, na prefeitura e nos empresários da cidade enfim eu acho que a solução e forma um unico clube com uma nova diretoria com pessoas que não queira usar o time para trampulim político como acontece aqui em petrolina e nunca muda todo ano e assim.ai ficam tirando o foco para o estádio já preparando a desculpa desse ano não da.

  2. marcos antonio brasil disse:

    No local que tiver um picareta da qualidade de Ronaldo Canção, conhecido como sugador de dinheiro de prefeitura, com seus superfaturados fogos de artifício, como dirigente esportivo, futebol nenhum vai para a frente. No dia que tivermos homens e mulheres sérias à frente do nosso futebol, com certeza o nome de nossa cidade será bem representado. Precisamos de uma reciclagem igual com a que foi feita com a Câmara de Veradores de Petrolina.

  3. Marcos disse:

    Junta os 2 pra ver se da 1!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *