Combate à doença de Chagas terá investimento de R$ 80 milhões; Brasil tem 1 milhão de pessoas infectadas

0
Foto: Ilustração

Um edital publicado pela Central Internacional para a Compra de Medicamentos contra a Aids, Malária e Tuberculose (Unitaid) busca contratar pesquisas que apresentem resultados positivos sobre a eliminação do contágio da doença de Chagas. A pedido do Ministério da Saúde é a primeira vez que a Central investe contra o ‘barbeiro’.

A Unitaid, entidade criada pelo Brasil, Chile, França, Noruega e Reino Unido, vai desembolsar mais de R$ 80 milhões, conforme cotação do Banco Central, para redução da transmissão parasitária, além de incentivar o desenvolvimento de estratégias e ferramentas para aperfeiçoar prevenção, diagnóstico e tratamento da doença.

Com esse investimento, a expectativa é de que mais instituições de pesquisa de outros países façam consórcios para a busca de soluções. No Brasil, além da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Instituto Butantã, dezenas de universidades públicas (federais e estaduais) têm pesquisas avançadas em medicina tropical.

Contágio no Brasil

A doença de Chagas existe no Brasil e em outros 20 países da América Latina e atinge a cerca de 7 milhões de pessoas em todo mundo, entre essas pelo menos 2 milhões são mulheres em idade fértil. A estimativa é que só no Brasil haja 1 milhão de pessoas infectadas, a grande maioria sem conhecimento da doença. Também têm registros da doença Estados Unidos (estimativa de 600 mil casos) e a Espanha (70 mil casos), e outros que recebam migração latino-americana. (Fonte: Folha de PE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

três × 1 =