Com salários atrasados, garis voltam a paralisar atividades e realizam manifestação no Centro de Juazeiro

0

Os trabalhadores da limpeza pública em Juazeiro (BA) voltaram a paralisar as atividades nesta segunda-feira (14). A mobilização é para pedir, entre outras reivindicações, reajuste salarial, férias não programadas, retroativo de salário mínimo e insalubridade.

Em contato com o representante do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública do Estado da Bahia (Sindlimp)/Juazeiro, Jamay Damasceno, ele explicou que os garis ainda estariam com salários atrasados e que tentativas de negociações já teriam sido feitas.

Representantes dos trabalhadores da empresa Meta, responsável pela coleta do lixo no município, esperam se reunir com o prefeito Paulo Bomfim ou com algum membro da administração municipal para apresentar a demanda.

O Blog não conseguiu contato com a empresa Meta, mas foi informado pela assessoria de comunicação da Prefeitura que o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) está em dia com os seus pagamentos junto à Meta. “Estamos em contato com os responsáveis para cobrar o pagamento imediato aos profissionais“, reforça a assessoria, em nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome