Com projetos ainda em pauta, Casa Aprígio Duarte Filho deve entrar em recesso apenas no final de dezembro

0
Foto: Ascom CMJ/divulgação

A Câmara Municipal de Juazeiro aprovou numa sessão extraordinária realizada ontem (3) mais cinco projetos de lei. E pela pauta movimentada, o recesso na Casa Aprígio Duarte Filho está previsto para ser encerrado apenas no final deste mês.

O destaque de ontem ficou para uma matéria do Executivo Municipal, referente ao projeto de lei nº 3.555/2019, que visa a adequar e modernizar a Lei nº 2.576, de 15 de dezembro de 2015, que cria o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (CMDDM) e o Fundo Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (FMDDM), além de promover uma rede de apoio e uma melhor articulação das políticas públicas.

Ainda há projetos do Executivo Municipal e proposições de Vereadores pendentes de discussão na Casa, que devem votados neste exercício de 2019″, explicou o presidente da Mesa Diretora, Alex Tanuri. “Mas vamos discuti-los e votá-los para limpar a pauta, qualquer que seja o número de sessões necessárias“, garantiu.

Ao término da sessão extraordinária, justificada para adiantar a pauta e poder colocar em votação o Projeto do Orçamento do exercício de 2020, Tanuri abriu a audiência pública para a discussão da Zona Azul, alvo de questionamentos por parte dos vereadores e da comunidade. A ausência do representante da Companhia de Segurança de Trânsito e Transporte (CSTT) exaltou os ânimos de alguns cidadãos nas galerias, tornou inócua a discussão e as propostas de melhoria para o serviço, levando o presidente a encerra a audiência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome