Com programação suspensa em Juazeiro por conta da pandemia, Dia da Visibilidade Trans terá pauta de discussões

2

A pandemia da Covid-19 impediu a Prefeitura de Juazeiro de promover, este ano, a programação alusiva ao Dia da Visibilidade Trans, celebrado nesta sexta-feira (29). Nessa data a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) irá se reunir com a prefeita Suzana Ramos para apresentar propostas de políticas públicas voltadas a este público.

Entre outros assuntos, a Superintendência de Políticas Sociais da SEDES destacará a luta cotidiana das pessoas trans pela garantia de direitos e pelo reconhecimento da sua identidade, principalmente as que se encontram em situação de vulnerabilidade.

Com a proposta de evidenciar a afirmação da cidadania para a população de travestis, mulheres transexuais e homens trans, também será apresentado à prefeita um projeto que estende a esse público outros serviços de inclusão como forma de contribuir para a garantia de direitos e empoderamento dos travestis, transexuais e transgêneros.

Data

A data foi criada em 2004, quando, pela primeira vez, travestis e transexuais foram ao Congresso Nacional cobrar dos parlamentares políticas de igualdade e lançar a campanha nacional “Travesti e Respeito” – a primeira organizada por transexuais para a promoção do respeito e da cidadania. O projeto deu início à comemoração da data e marcou também a primeira política pública implantada especificamente para essa parcela da população.

2 COMENTÁRIOS

  1. Todos ao nascerem têm o mesmo direito, o resto é invencionisse. Não me importa que você seja isso ou aquilo, cada um chora por onde pode, é um problema de cada um, agora estar se inventando Leis para isso? não, não dá. Só se discrimina os pobres de finanças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dezenove + vinte =