Com palavras de ordem, estudantes participam de audiência pública contra a PEC 241 na Câmara de Juazeiro

3

audiencia-cmj-pec-241

Com palavras de ordem e cartazes, mais de cem estudantes do ensino de graduação, tecnológico e secundaristas, representantes de sindicatos e associações rurais da região ocupam, na noite de ontem (1º), o auditório da Câmara de Vereadores de Juazeiro (BA) protestando contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241.

A audiência pública foi proposta pelo vereador reeleito Agnaldo Meira (PCdoB) para discutir os efeitos da proposta de autoria do Executivo Federal, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos à correção da inflação do ano anterior.

Presidiu a sessão o vereador Tiano Félix (PT). A mesa foi composta pelo secretário Anastácio José de Assis (PCdoB), Agnaldo Meira (PCdoB) – que propôs a audiência -, o secretário municipal de Educação, Clériston Andrade; a líder estudantil Tainá Souza, da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (UBES); Josefa Rita, da Federação dos Agricultores no Estado da Bahia (Fetag-BA); Domingos da Silva, presidente do STR Sobradinho; José Aparecido, diretor do STR Casa Nova; Isabel Cunha, representante dos estudantes do IF Baiano; Emerson José, presidente do STR Juazeiro; Ramon Roniere, da União dos Estudantes do São Francisco; Tainá Peixoto, da UPE Petrolina, e Vavá Mendonça, que representou os irrigantes da região. Vereadores e ativistas também participaram da audiência.

Ao final do encontro, o vereador Tiano Félix propôs como encaminhamento da audiência uma Moção de Repúdio à Câmara de Deputados pela aprovação da PEC 241, e uma de Aplausos ao Senado,   pedindo que considere e reveja a decisão da Câmara Federal. (foto/divulgação)

3 COMENTÁRIOS

  1. Infelizemente o uso cronicode drogas causam danos aos cérebros, na PEC haverá um mínimo para saúde e educação e reajustes anuais, sem contar que poderá ser aprovado orçamento extra, caso o país volte a crescer. Esse protesto da esquerda já cansou, tiram o direito de quem realmente quer algo além de mortadela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome