Com número expressivo de visitantes e mais de 80 mil livros vendidos, 1º FliSertão aquece cenário educacional e cultural da região

0
Foto: Ascom PMP/Sedu Divulgação

O 1º Festival Literário do Sertão do São Francisco (FliSertão) de Petrolina terminou no último domingo (2) deixando boas impressões para as mais de 40 mil pessoas que visitaram o evento. Considerado um sucesso pela organização, o festival foi coordenado pela prefeitura, através da Secretaria de Educação (Sedu) e Andelivros, projetando a cidade entre as principais feiras literárias do Brasil. Além do sucesso de público, o FliSertão deixou sua marca como um espaço de incentivo à leitura e aqueceu o cenário cultural da região.

Foram mais de 250 apresentações e 80 mil livros comercializados. O FliSertão aconteceu em dois polos oficiais (Centro de Convenções e Parque Josepha Coelho) e ainda foram realizados eventos-satélites. Um dos pontos altos do FliSertão foi a participação das escolas municipais em todos as atividades e a possibilidade dos professores em reforçar seu acervo pessoal, através do bônus de R$ 300,00 que receberam da prefeitura para adquirir livros.

Estamos muitos felizes com o resultado. Foram meses de trabalho, mas conseguimos efetivar nossa proposta de fazer Petrolina uma cidade leitora, como orienta o prefeito Miguel Coelho. Nosso trabalho foi incentivar a leitura e a educação, e temos certeza que uma semente foi bem plantada”, pontuou Willany Reis, coordenadora geral do evento.

O festival, que durou cinco dias, reuniu mostras, lançamento de livros, noite de autógrafos, shows culturais, participação de escritores de renome nacional, contadores de histórias, sala de vídeos e curtas-metragens, editoras, palestras e show com Santanna, Maciel Melo, Jessier Quirino, Chico Pedrosa, a escritora e sexóloga Laura Müller, o professor Saulo Gomes e o escritor Raimundo Carrero.

Foto: Ascom PMP/Sedu divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome