Coluna do Blog

0

 Mais 85 milhões e Petrolina mostra força jamais vista

O ministro Gustavo Canuto esteve nesta segunda (9) em Petrolina pela quinta vez desde que assumiu a pasta de Desenvolvimento Regional. E não tem nem um ano. Dessa vez o governo federal e a Prefeitura de Petrolina fecharam parceria de R$ 85 milhões para a pavimentação de mais de 40 km de ruas na principal cidade do Sertão.

Os recursos garantirão a pavimentação de mais de 200 vias em vários bairros de Petrolina. Parte dos investimentos já teve ordem de serviço assinada na solenidade para início das obras neste mês. O restante será direcionado para uma licitação com expectativa para ser concluída no primeiro trimestre do próximo ano.

No momento de crise e entressafra, a força política de Petrolina chama atenção e salta aos olhos, e em todo o Estado se comenta essa demonstração de força.

É um investimento robusto que o governo federal traz para Petrolina. São obras que levarão melhoria para a mobilidade urbana e representam a luta do senador Fernando Bezerra, dos deputados Fernando Filho, Antonio e do prefeito Miguel pela região“, resumiu Canuto.

Miguel recebeu também um investimento pela Codevasf, que foi anunciado pelo presidente da Companhia, Marcelo Moreira, e só comemora: “Já asfaltamos mais de 200 vias na cidade e zona rural. Esse convênio com o Ministério do Desenvolvimento Regional e a Codevasf permitirá que a prefeitura amplie mais o programa de pavimentação, tirando 500 ruas da areia e melhorando a vida de milhares de petrolinenses”, disse ele.

O certo é que desde a primeira administração do prefeito Fernando Bezerra Coelho nunca se viu tanta força e investimento em Petrolina. Atônitos, os adversários não encontram alternativas para se contrapor e se preparam para uma eleição duríssima, pela qual precisarão suar a camisa para tirar a prefeitura de Miguel Coelho, que, amparado em mais de 80% de aprovação, voa em céu de brigadeiro. Mas que ninguém confie. Em Petrolina não tem eleição fácil. É isso aí.

Oposição conta as horas

Em Pilão Arcado, norte da Bahia, a oposição se movimenta e espera a notificação do prefeito Afonso Mangueira, e o vice Daltro Melo, pelo TSE. O Tribunal determinou por unanimidade a cassação dos dois e a realização de novas eleições no município. No parecer, o Ministério Público, autor da denúncia, destaca que o prefeito anterior da cidade contratou mais de 500 servidores, sem concurso público, entre junho e agosto de 2016 – período proibido pela legislação eleitoral, com o intuito de favorecer a candidatura de Manoel Afonso, o que resultou em grave desequilíbrio entre os candidatos na eleição daquele ano.

Notificado

Não é fácil a situação do prefeito de Cabrobó (PE), Marcílio Cavalcante (MDB). Ele foi notificado nesta segunda (9) pala Comissão Especial criada pela Câmara de Vereadores de Cabrobó para investigar possíveis irregularidades praticadas em sua administração. O prefeito agora tem dez dias para apresentar sua defesa. A Câmara entra de recesso a partir do dia 15 deste mês, todavia trabalhos de Comissões Especiais não são interrompidos por conta de recesso parlamentar.

Ainda em Cabrobó

A Câmara Municipal de Cabrobó aprovou ainda na sessão desta segunda (9) um crédito especial de R$ 2.928.578,97, para a efetuação de pagamentos de servidores em diversas pastas da administração. Os servidores comemoraram.

Só na vantagem

A Prefeitura de Juazeiro (BA) aprovou e sancionou Lei Municipal que concede aos advogados públicos e efetivos do município uma gratificação novinha. A lei vai beneficiar os advogados que estão em atividades na Procuradoria Geral do Município e que atuam na área jurídica. Já em janeiro de 2020, eles terão direito a receber a Gratificação de Atividade Administrativa e Judicial (GAAJ). Caso o profissional esteja de férias ou de licença para tratamento de saúde, maternidade ou paternidade e por motivo de doença em pessoa da família até o segundo grau ou casamento, recebe também.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome