Coluna do Blog

1

A nova cratera da Integração e uma cidade a flor da pele

O assunto é chato, repetitivo e parece que estamos sempre falando da mesma coisa, mas não é. É que a Companhia de Saneamento de Pernambuco (Compesa) se supera. E mais uma vez abriu uma ‘cratera’ na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, em Petrolina.

Os comerciantes da avenida e vários cidadãos reclamaram na mídia e postaram muitas críticas. O vereador Aero Cruz (PSB) fez um vídeo no local detonando a Compesa. Mas ninguém bateu tão duro quanto o prefeito de Petrolina Miguel Coelho.

Segundo o prefeito, a Companhia teria atribuído a intervenção feita na avenida a uma troca na tubulação. No entanto, o prefeito contestou a justificativa. “É mentira. A tubulação estourou porque é antiga, é de amianto, que já deveria ter sido trocado nos mais de 30 anos que a Compesa tem na nossa cidade”, desabafou.

O fato é que a Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio acabou de ganhar novo pavimento asfáltico e já é a segunda vez que a Compesa rasga a avenida desse jeito. É fato que toda manutenção requer essa intervenção, mas ou falta a Companhia conversar com a prefeitura ou falta planejamento e organização mesmo.

Mas talvez o que falte mesmo é cuidado e amor por Petrolina, que não merece tantas agressões e intermináveis quizilas.

Nomes para 2020

Embora ainda reste a Paulo Bomfim (PCdoB) um ano e meio de governo, a eleição de 2020 já pauta a política em Juazeiro (BA). Não só o prefeito já confirmou sua pré-candidatura à reeleição, como outros nomes também se colocaram no páreo. Mas a expectativa é de que outros pré-candidatos se apresentem ou mesmo substituam os já colocados, nos próximo meses.

“Novo” de fato

De olho em 2020, o vereador Gabriel Menezes (PSL) pode se colocar à disposição do seu partido para disputar a Prefeitura de Petrolina. Isso porque, segundo ele, as eleições do ano que vem ainda podem trazer “o novo” de fato, e não o que foi prometido pelo atual prefeito Miguel Coelho. “Ele veio com as mesmas mazelas e práticas do passado”, cutucou.

Mágoas

Gabriel também não escondeu as mágoas com o seu partido, pelo que lhe prometeram e não cumpriram na sua campanha de deputado estadual em 2018. Segundo o vereador, se a legenda tivesse honrado 100% o compromisso com ele, sua campanha ainda assim teria sido a mais barata entre todos os candidatos a deputado estaduais por Petrolina.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome