Coluna da Folha: STJ barra volta de prefeito ao cargo em Água Preta

por Carlos Britto // 28 de novembro de 2023 às 07:00

Foto: reprodução

O prefeito interino da cidade de Água Preta (Mata Sul), Neto Cavalcanti (PSB), respirou aliviado ontem. O prefeito afastado, Noelino Magalhães – o Noé Magalhães (PSB/foto) -, tinha entrado na Justiça para anular o seu afastamento e retornar ao cargo. Ele está afastado desde a Operação “Dilúvio”, que investigou um esquema de desvio público de mais de R$ 2 milhões.

O ministro Reynaldo Soares da Fonseca, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou o provimento do pedido de Noé, que ficou preso no Cotel por quase dois meses. O ex-prefeito cumpre agora medidas restritivas, é proibido de sair da Comarca do Recife e não pode se comunicar com qualquer investigado ou denunciado da operação.

Com a decisão, Noé continua afastado das funções de prefeito.

Mais um fato interessante: o atual prefeito, Neto Cavalcanti, continua no cargo, mas não pode nomear ninguém de sua confiança. Por decisão de liminar do juiz de 1° grau da cidade da Água Preta, todos os secretários de Noé Magalhães continuam no cargo e não podem ser exonerados.

Pedido de CPI

Quatro vereadores de Tamandaré, no litoral Sul, protocolaram um pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar supostas irregularidades na compra de medicamentos pela gestão municipal. O objetivo da CPI é apurar como estão acontecendo os contratos para esse tipo de compra. Assinaram o documento os vereadores Apauliana Vasconcelos, Benedito Ataíde, Adriano Cândido e Walfrido Bezerra.

Homenageado

O senador Humberto Costa (PT) foi homenageado, ontem, pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP). A homenagem foi prestada na sede da instituição, no Recife, onde ele recebeu uma placa ressaltando seu apoio parlamentar expresso no acolhimento e dotação orçamentária às causas sociais institucionais. “Alegria em receber, desta instituição importantíssima para o Brasil, o IMIP, um reconhecimento pelo nosso trabalho. Particularmente, considero uma obrigação, por tudo que o IMIP representa para Pernambuco seguir colaborando sempre. Aos funcionários, pacientes, podem contar comigo. Obrigado!”, agradeceu Humberto, em suas redes sociais.

Girou

O deputado e presidente da Alepe, Álvaro Porto, deu um giro pelo Agreste pernambucano no último final de semana. Ele participou de eventos festivos nas cidades de Lajedo e São João, onde reforçou suas bases eleitorais. Porto esteve acompanhado da esposa e atual prefeita de Canhotinho, Sandra Paes. Em Lajedo, o parlamentar acompanhou o encerramento da 95ª Festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro ao lado do prefeito Erivaldo Chagas. Já em São João, prestigiou o aniversário do ex-prefeito Genaldi Zumba.

Polêmica dos 40%

Não se fala em outra coisa em Toritama, no Agreste. O polêmico projeto da Câmara Municipal que quer aumentar em 40% os salários do prefeito, secretários e vereadores do município. Caso o projeto seja aprovado pela Casa, o aumento valeria a partir de 2025. Então, os salários ficariam assim: vereadores, que atualmente recebem R$ 7,5 mil, teriam novo salário de R$ 10.432; já o do prefeito, que é de R$ 18 mil, subiria para R$ 25 mil; o do vice-prefeito sairia de R$ 13 mil para R$ 18 mil; e os secretários mudariam o salário de R$ 8 mil para R$ 11.100.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários