Coluna da Folha: Raquel anda pelo Sertão e diz que pode vencer Marília no 2º turno

por Carlos Britto // 19 de setembro de 2022 às 07:00

Foto: Janaina Pepeu/divulgação

A candidata ao Governo de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), realizou ontem uma carreata pelas ruas de Petrolina ao lado de diversas lideranças, candidatos a deputado federal e estadual, e do candidato ao Senado, o ex-prefeito da cidade Guilherme Coelho (PSDB).

Ela também visitou duas feiras livres – nos bairros João de Deus e Jardim Maravilha – e ouviu as demandas da comunidade, onde a falta d’água foi a reclamação maior, mesmo a cidade sendo banhada pelo Rio São Francisco, que tem água adequada para consumo.

É inadmissível estarmos em pleno século 21 e ainda ter gente sem água na torneira. E mais grave ainda, quando se tem um rio na porta“, desabafou Raquel, que se comprometeu em realizar o maior programa hídrico de Pernambuco para solucionar, definitivamente, o problema de abastecimento.

Tenho ouvido em todo o Estado, e no Sertão não está sendo diferente, que Pernambuco quer e merece uma mulher governadora, mas uma mulher que esteja preparada para tirar o nosso Estado de um momento tão difícil. Eu, antes de me apresentar como candidata ao Governo de Pernambuco, me preparei a vida toda. Eu vou para o segundo turno e posso vencer Marília. Tô pronta pra cuidar da nossa gente”, afirmou Raquel.

Guilherme Coelho afirmou que reconhece quando uma candidatura ganhou a mente e o coração das pessoas. “Foi isso o que vi hoje aqui com a recepção extraordinária que Raquel recebeu da população. Depois de hoje, digo, com toda a convicção: Raquel é a mulher que Pernambuco e Petrolina querem” afirmou. Lucinha Mota, candidata a deputada estadual (PSDB), também acompanhou a visita.

A hora do Cacique

Em Pesqueira, no Agreste de Pernambuco, uma convenção do Partido Republicano (PR) e dos partidos coligados (PT, PSB,PDT e Agir) reuniu cerca de 5 mil pessoas, e 12 dos 15 vereadores eleitos, para homologar as candidaturas de Bal de Mimoso para prefeito e de Guilherme Araújo para vice nas eleições suplementares, que acontecerão no dia 30 de outubro. O Cacique Marcos, líder indígena Xukuru e prefeito eleito em 2020, foi destituído do cargo pela Justiça, em um processo sobre crime ambiental, no qual ele teria participação em um incêndio no ano de 2003. O fato aconteceu no contexto de conflitos entre o grupo dos Xukuru de Orubá, do qual Marquinhos (como é conhecido) é líder. Apesar disso, o apoio a ele continua na região. Em seu discurso, ele falou sobre importância de votar em um grupo sério e que tem pessoas compromissadas, focadas no progresso e transformação.

Maria Elena na luta

Em mais um compromisso eleitoral, a vereadora de Petrolina e candidata a deputada estadual, Maria Elena (UB), participou da inauguração do ponto de apoio de sua campanha em Santa Cruz, Sertão do Araripe. O evento foi realizado em clima festivo e contou com a presença de personalidades empresariais, políticas e religiosas da cidade. Um dos primeiros a discursar, o empresário Jobert Granja – que faz oposição à atual gestão municipal – ressaltou a necessidade de eleger Maria Elena para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) porque a população de Santa Cruz não aguenta mais os “políticos que só andam na cidade de quatro em quatro anos para pedir votos”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.