Coluna da Folha: Presidente da câmara denuncia cartel médico em Serra Talhada

por Carlos Britto // 23 de novembro de 2021 às 07:05

Foto: reprodução

Em Serra Talhada, Sertão do Pajeú, o presidente da Câmara de Vereadores, Ronaldo de Dja (PP), denunciou, em discurso, durante a última sessão, a falta de um urologista no Hospital Agamenon Magalhaes (Hospam), além de preços absurdamente altos nas consultas médicas, exames e cirurgias.

Infelizmente o hospital tem deixado as pessoas em situação de abandono. Em pleno mês de conscientização do câncer de próstata, o Hospam não oferece um urologista em seu quadro, nem parceria. Os pacientes precisam pagar consultas caríssimas, de 400 a 500 reais, para ter um atendimento, e se o caso for para cirurgia, precisa desembolsar entre 9 mil e 14 mil reais. Isso é um absurdo”, revelou o vereador.

Ele ainda denunciou o que chamou de cartel nos valores praticados e pediu que os médicos revejam o valor das consultas.

Infelizmente existe um cartel nos valores e para o agricultor, o desempregado, ou mesmo o assalariado que recebe um salário mínimo, fica impossível pagar 500 reais em uma consulta. Peço que os médicos, de todas as áreas, revejam seus valores, proponha valores diferenciados para pacientes de baixa renda. Aqui na Câmara vamos propor uma comissão para lutarmos por mais especialidades médicas no Hospam”, disse ele.

O município de Serra Talhada é considerado o quarto polo médico de Pernambuco. A unidade, que leva o nome do ex-governador Agamenon Magalhães, foi inaugurada em 1941. O último censo indicou que, em Serra Talhada, os domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa chegam a 45,7% da população.

Turismo no Agreste

Discutir sobre as potencialidades turísticas, industriais e de novos negócios para o Agreste. Foi esse o objetivo do encontro denominado “Meu Negócio é o Agreste”, que reuniu empresários locais, prefeitos e secretários de turismo e desenvolvimento econômico da região. O foco foi o debate sobre as potencialidades turísticas, industriais e de novos negócios para o Agreste. O encontro foi promovido pela prefeitura de Bezerros. Cada município participante teve espaço para apresentar ações de êxito já executadas, em desenvolvimento ou futuras, por meio de um painel de troca de boas práticas.

Ela admite

A vereadora petrolinense Maria Elena (MDB), aliada histórica dos Coelhos na principal cidade do Sertão, falou com este colunista sobre as eleições de 2022, não descartando a possibilidade de disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), mas evitou entrar em detalhes sobre o assunto. “Estou sendo cobrada pela minha família, pelos meus amigos. Por onde eu passo ouço este questionamento. Mas garanto que no momento certo direi a minha decisão, mas não descarto a possibilidade”, afirmou. Nas últimas eleições, Elena chegou a colocar o seu nome, mas voltou atrás e apoiou o então candidato a estadual Antonio Coelho (DEM).

Na correria

A pré-candidata a uma vaga na Alepe em 2022, Socorro Pimentel (PTB), esteve nesse domingo (21) visitando o distrito de Vermelhos, em Lagoa Grande, Sertão do São Francisco. O esposo da ex-deputada, o prefeito de Araripina Raimundo Pimentel (PSL), acompanhou a visita ao lado do vereador araripinense Rodrigo Cobrinha e do vereador de Santa Maria da Boa Vista, Sargento Geraldo Gomes.

Coluna da Folha: Presidente da câmara denuncia cartel médico em Serra Talhada

  1. critico disse:

    Quando Deus permite que alguém se torne médico esse alguém tem a missão de ajudar o próximo, porém o que vemos na prática é um bando de mercenários que só pensam em dinheiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *