Coluna da Folha: PEC azeda ainda mais relacionamento entre Túlio Gadêlha e PDT

por Carlos Britto // 05 de novembro de 2021 às 07:05

O deputado federal Túlio Gadêlha, definitivamente, não caminha mais pela mesma estrada que o seu partido, o PDT. Desde a eleição do Recife, onde foi rifado e chorou às vésperas da eleição, o azedume já ameaçava essa relação.

A aprovação em primeiro turno da PEC dos Precatórios pela Câmara dos Deputados, no começo da madrugada de ontem (4), por 312 votos a favor (apenas quatro a mais do que exigia a maioria qualificada para esse tipo de matéria) contra 144, levou o deputado federal pernambucano a se rebelar contra seu próprio partido, o PDT. Isso porque a PEC passou com votos de parlamentares da legenda e também do PSB.

O problema é que os dois partidos são oposição ao presidente Jair Bolsonaro. Pelo menos em tese. Essa PEC é a esperança do governo para viabilizar o Programa ‘Auxílio Brasil’, que substituirá o ‘Bolsa Família oferecendo pelo menos R$400,00 mensais aos beneficiários, em pleno ano eleitoral, ao mesmo tempo em que adia o pagamento de precatórios (dívidas do governo já reconhecidas pela justiça). Mas para se chegar a esse valor, o novo programa social furaria o teto de gastos determinado pelo Ministério da Economia.

Em seu perfil no Instagram, Túlio foi curto e direto no seu comentário ao justificar a rebeldia: “A PEC dos Precatórios é um calote no povo. É deixar de pagar uma dívida judicial com o trabalhador para abrir espaço no orçamento. Parte dos R$ 90 bilhões será usada para Bolsonaro comprar deputados na Câmara. O PDT vacilou”.

Se a relação já não era boa, o deputado fez questão de tornar público em suas redes sociais e em entrevistas concedidas. Resta saber como vai ser a relação daqui pra frente.

O nome novo

Ex-secretário da Receita Municipal nos Governos Julio Lossio e Miguel Coelho, em Petrolina, Allan Maux prepara-se para enveredar pelos meandros da política. Ele confirmou sua disposição em disputar uma vaga à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) nas eleições 2022, e garantiu que não pretende apenas fazer figuração. Allan explicou ter colocado seu nome com o intuito de tentar mudar o cenário atual de Pernambuco, que há 16 anos “vem sendo governado pelas mesmas pessoas”.

A casa de divertimento

A ‘casa de divertimento’ voltado para o público masculino virou um dos assuntos mais comentados na cidade de Araripina, no Sertão do Araripe. A casa onde funciona o suposto prostíbulo é de propriedade do ex-vereador de Araripina, Nunes Rafael. Ele disse que o imóvel é alugado e disse que não sabia que funcionaria esse tipo de negócio. Na cidade não se fala de outro assunto. Sem contar as memes, que tomaram de conta.

Deu Siqueirinha

Em Arcoverde (PE), Sertão do Moxotó, o presidente da Câmara de Vereadores, Wevertton Siqueira, o Siqueirinha (PSB), está rindo à toa. O motivo foi a decisão do juiz de direito da 2ª Vara Cível de Arcoverde, João Eduardo Ventura Bernardo, que negou pedido de liminar impetrado pelos vereadores Luciano Pacheco, Luiza Margarida, João Taxista, João Marcos e Sargento Brito para anular as eleições da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores para o biênio 2023/2024.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *