Coluna da Folha: Paulo Câmara e as obras no Sertão que encerram seu ciclo

por Carlos Britto // 23 de setembro de 2022 às 07:12

Foto: Heudes Regis/SEI-PE

O governador Paulo Câmara (PSB) foi, esta semana, até o Sertão do São Francisco – região onde tem a maior rejeição dos pernambucanos. Paulo, aliás, que anda sumido da campanha eleitoral, já que não aparece nem é mencionado no guia de rádio e TV do candidato a governador Danilo Cabral (PSB), sabe que amarga um momento ruim.

Nos rincões do São Francisco ele inaugurou mais uma Escola Técnica Estadual (ETE), desta vez em Cabrobó, no Sertão do São Francisco.

Paulo também inaugurou o primeiro trecho das obras de implantação e pavimentação da rodovia PE-499, conhecida como Estrada da Cebola. Falta ainda terminar o segundo trecho, que liga Terra Nova a Cabrobó, que já conta com 61% de execução e deve ser totalmente concluído até o fim deste ano.

Executadas pelas equipes do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), as intervenções foram iniciadas em agosto de 2021 e contam com investimento de R$ 85,5 milhões.

Ainda na região, ele esteve no município de Lagoa Grande para o anúncio do fim do rodízio na área urbana da cidade. Mais de 20 mil pessoas terão água todos os dias em suas torneiras graças à ampliação do Sistema de Abastecimento de Água. Os investimentos foram de cerca de R$ 1,6 milhão.

O governador também passou por Petrolina para uma série de compromissos: a inauguração da segunda etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário da Bacia do Jatobá, área central da cidade; a pavimentação da PE-655 (Estrada de Tapera); e a assinatura da ordem de serviço para restauração da PE-633 (Pedra Linda), PE-638 (Burrinho) e PE-639 (Burrinho/Vila do Núcleo).

Não deve ser fácil, no entanto, um gestor que foi vitorioso em duas eleições se despedir de forma melancólica. Mas todos que o cercam dizem que Paulo não é um “animal” político e ocupa melhor papel como gestor. Mesmo assim, é um papel complicado para alguém que precisou “segurar o timão” e manter o legado do ex-governador Eduardo Campos.

Tá no pique

Diferente de alguns prefeitos pelo Estado, em Caruaru (Agreste) o que chama atenção é a dedicação e o pique de Rodrigo Pinheiro na campanha de Raquel Lyra, Débora Almeida, Daniel Coelho e Guilherme Coelho. Mesmo com a agenda corrida de sua gestão, o prefeito aproveita que está na rua todos os dias, dialogando com o povo, e veste a camisa pedindo voto para seus candidatos, numa “pegada” que, até os que acompanham ele, sentem. É manhã, tarde e noite nas ruas, incansavelmente.

Videogame

A candidata ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes (SD), partiu para o ataque aos seus oponentes na disputa eleitoral. Em suas mídias sociais agora consta uma animação – do tipo jogo de videogame -, onde ela vai derrotando os bonequinhos que representam Raquel, Anderson, Danilo e Miguel. O final feliz da peça é um encontro festivo e vitorioso com Lula.

O majoritário

O ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (UB), candidato a deputado estadual, está cada dia mais animado com o seu deputado federal, Fernando Filho (UB). Quer agradecer o trabalho com votos. “Fernando Filho tem a marca do trabalho em nossa cidade. Ele nos estendeu a mão em inúmeros momentos de minha gestão à frente da prefeitura e agora é a vez de retribuirmos esse gesto, dando-lhe uma expressiva votação“, disse.

Coluna da Folha: Paulo Câmara e as obras no Sertão que encerram seu ciclo

  1. Alguém disse:

    Que esse mal nunca mais volte a Pernambuco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.