Coluna da Folha: Miguel, Anderson e o encontro no poder

0
Foto: divulgação

Dois dos principais personagens eleitorais da oposição de Pernambuco começaram a se encontrar pelas estradas da eleição. Anderson Ferreira (PL), prefeito de Jaboatão e Miguel Coelho, de Petrolina se cumprimentaram em encontro em Brasília.

Anderson Ferreira amplia sua ligação com o governo e recentemente recebeu em seu município uma comitiva ministerial que anunciou recursos para a cidade. Com Miguel não é diferente: Petrolina tem sido rota obrigatória de ministros e aportes generosos do governo federal. Os dois prefeitos cumpriram agenda administrativa na capital federal.

O encontro foi amistoso e a assessoria de Miguel publicou nota afirmando que “ambos reforçaram a união da oposição em torno do mesmo projeto e na ampliação do diálogo sobre a realidade socioeconômica do Estado”. Anderson não foi menos diplomático: “Temos um grupo de oposição que está unido, e essa união nos torna mais fortes para debater Pernambuco”.

Se alguém esperava um aceno claro da tentativa de composição, já está posto.

Agora vai

Finalmente pode ter chegado a luz do fim do túnel para o problema da PE-550, uma das mais criticadas do sertão, e que começa a ganhar forma. Já foi concluído o processo de contratação do consórcio de empresas responsável pelos serviços de restauração dos 46,5 quilômetros dessa importante rodovia que liga Urimamã ao projeto Caraíbas, em Santa Maria da Boa Vista, dando acesso ao Projeto Fulgêncio de irrigação em um investimento de R$ 26,6 milhões. Os serviços serão de pavimentação asfáltica e requalificação das vias de rolagem e o tempo da obra está em seis meses.

Falta recorrente

Está virando habito no Sertão. Agora foi a vez dos municípios de Cabrobó, Orocó e Santa Maria da Boa Vista, ficarem sem energia por cerca de 30 minutos. Em Santa Maria da Boa Vista o incidente suspendeu a sessão Câmara de Vereadores.

Agora pode

Assim como em Petrolina, os vereadores de Lagoa Grande aprovaram por unanimidade o projeto de Lei que torna igrejas como atividade essencial no município. Depois da decisão, ficam autorizadas missas e cultos, desde que se respeitem as medidas sanitárias. Os vereadores disseram que templos, cultos e ritos possuem papel fundamental para auxiliar na propagação de informações verdadeiras e auxiliam a população em momentos de crises.

Aprovadas

Quem está comemorando é o presidente da Amupe e ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, Jose Patriota (PSB). A Câmara Municipal aprovou suas contas relativas ao exercício de 2017, por 11 votos a favor e um voto contra. O vereador Edson Henrique foi o único contrário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

17 − cinco =