Coluna da Folha: Em Araripina, jogo mudou e vice-prefeito precisa redirecionar objetivos

por Carlos Britto // 15 de agosto de 2022 às 07:00

O traumático rompimento do prefeito Raimundo Pimentel (UB) com o grupo do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) em Araripina (PE), Sertão do Araripe, não rendeu apenas manchetes duras na imprensa e acusações de lado a lado. Isso é bronca do presente, mas o futuro já indica um embate mais duro.

O vice-prefeito de Pimentel, Evilásio Mateus, aliado do prefeito há mais de 20 anos, é hoje amigo de primeira hora do deputado federal Fernando Filho (UB) e preferiu não acompanhar o seu parceiro no mandato, seguindo no time do deputado.

Se o clima não tivesse endurecido, Evilásio, talvez, tivesse a eleição mais tranquila do Interior de Pernambuco. Era o nome já anunciado pelo grupo de Pimentel e pelo de FBC para as próximas eleições. Teria apoio da prefeitura, do grupo político, garantia de investimentos e a maior exposição possível. Só faltava combinar com o imponderável na política.

Mas o problema chegou e caiu como uma bomba no grupo de Evilásio na cidade. Pimentel já disse que os planos continuam os mesmos, caso ele permaneça do seu lado, mas o vice-prefeito entendeu que o prefeito agiu sem consultá-lo nessa travessia política e, por isso, preferiu seguir no grupo de FBC.

Pimentel também terá que redirecionar e escolher em seu grupo o “Tertius” para promover e ter um candidato pra chamar de ‘seu’. Já se sabe então que as próximas eleições municipais serão tudo, menos tranquilas.

Anderson não foi

O candidato a governador Anderson Ferreira (PL) foi o único que não compareceu ao Congresso da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), em Serra Talhada (Pajeú). A presença do candidato estava confirmada para a última sexta, quando ele faria a apresentação do seu plano de governo aos parlamentares presentes. Como justificativa, Anderson disse que teve um chamado do presidente da República e foi até Brasília. Já a vice-governadora dele está com familiares doentes.

Outra suplente

O candidato a senador Guilherme Coelho (PSDB) apresentou a vereadora de Ouricuri (Araripe), Delvania Sobral, como sua segunda suplente na corrida ao Senado Federal. O anúncio foi feito junto com a candidata ao Governo de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), durante o congresso estadual da União de Vereadores de Pernambuco (UVP), realizado na cidade de Serra Talhada. Delvania está no seu segundo mandato e tem uma trajetória de luta pela saúde em Ouricuri.

Dobradinha em Belo Jardim

O ex-ministro da Educação, Mendonça Filho (UB), lançou, ontem, a sua candidatura a deputado federal em sua Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, ao lado do deputado estadual e candidato à reeleição, Antonio Coelho (UB), e do prefeito do município, Gilvandro Estrela (UB). O senador Fernando Bezerra Coelho, a candidata a vice-governadora Alessandra Vieira, o vice-prefeito Maneco, o ex-prefeito Valdeci Torres e a prefeita de Bezerros, Lucielle Laurentino, além de diversos vereadores, prestigiaram o evento.

Mais violento que o Rio

O deputado estadual Romero Albuquerque (PP) apresentou relatório semestral divulgado pelo Instituto Fogo Cruzado, que informa que o número de mortes por tiro no Grande Recife, no primeiro semestre de 2022, foi quase 50% maior que no Rio de Janeiro. Foram 708 mortes, entre janeiro e junho deste ano. Romero diz que os dados revelam “uma guerra sem fim, reflexo da falta de investimento na segurança pública do Estado”.

Coluna da Folha: Em Araripina, jogo mudou e vice-prefeito precisa redirecionar objetivos

  1. Lidea Alencar Silva disse:

    Bando de lixo, assassinos e traficantes que acabaram com a minha família, carreira, vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.