Coluna da Folha: Duas cidades pernambucanas e duas eleições fora do tempo

por Carlos Britto // 05 de outubro de 2021 às 07:00

Foto/reprodução

Depois de brigas na justiça e muita disputa entre partidários pelas ruas, os municípios de Palmeirina e Capoeiras, no Agreste pernambucano, escolheram os seus respectivos prefeitos. As eleições suplementares aconteceram depois que os eleitos em 2020 tiveram suas candidaturas impugnadas pela Justiça. Nêgo do Mercado (PSB) e a delegada Thatianne (Solidariedade) são os mais novos prefeitos de Pernambuco.

Em Palmeirina, que tem 6.596 eleitores, Thatianne Macedo (Solidariedade) obteve 57,52% dos votos, vencendo Marili Catão (MDB), que somou 42,48%. Severino Eudson Catão (MDB) foi eleito em 2020 e teve candidatura indeferida.

Em Capoeiras, que conta com um eleitorado de 15.779 eleitores, Nêgo do Mercado venceu a disputa contra Celina de Dudu (PL), obtendo 52,67% dos votos válidos. A segunda colocada recebeu 47,33%. Na eleição de 2020, Luiz Claudino de Souza (PL) se elegeu, mas teve a candidatura indeferida.

Além das duas cidades pernambucanas, mais 17 municípios brasileiros voltaram às urnas no último domingo (3) para novas eleições que escolheram novos prefeitos e vice-prefeitos: Cajati e Angatuba Mendonça, São Lourenço da Serra, Mineiros do Tietê, Guaíra, Apiaí, Campina do Monte Alegre, Itaoca, Piacatu, Santo Antônio do Jardim, Trabiju, Anhembi (SP); Firmino Alves (BA); Juazeiro do Piauí (PI); Goianésia do Pará (PA); e Paranhos (MS).

Os eleitos devem ocupar os seus cargos até o dia 31 de dezembro de 2024.

O adeus a Zé de Mundinho

Foi com tristeza que a população do Interior de Pernambuco recebeu o falecimento do empresário e ex-vice prefeito de Santa Cruz da Venerada, Zé de Mundinho. Ele faleceu na manhã de sábado (2) na cidade de Petrolina. Figura carismática na cidade, o seu velório levou gente de todos os lados políticos ao cemitério local.

O rio chegou

Depois de percorrerem cerca de 2.800 quilômetros, finalmente as águas do Rio São Francisco chegaram ao açude Estreito, no município de Terra Nova, Sertão de Pernambuco. Os agricultores por lá já estão plantando cebola, melão, melancia e os negócios estão garantidos.

Uma vergonha

Em Caruaru, no Agreste, a turma parou um pouco a política para uma nova gozação. É que o líder e invicto time do Íbis venceu o Centro Limoeirense por um a zero. Foi mais uma vitória na Série A2. A torcida não perdoou e ‘protestou’ pela web, em tom de ironia: “Vocês são uma vergonha”.

Disputa I

O Sertão de Itaparica, que é composto por 7 municípios, vai assistir a uma disputa com 3 candidatos a deputado estadual nas eleições de 2022. Os deputados com mandato, Fabrizio Ferraz (PP) e Rodrigo Novaes (PSD), devem disputar os quase 103 mil eleitores com o ex-deputado federal Kaio Maniçoba (Solidariedade), filho da prefeita de Floresta, Rorró Maniçoba (PSB). Vai ser peleja dura.

Disputa II

Fabrizio Ferraz conta com o apoio dos prefeitos Gustavo Caribé (Belém de São Francisco), Elizinho (Carnaubeira da Penha), Washington (Tacaratu) e Rogério Ferreira (Jatobá). Rodrigo Novaes tem o apoio do prefeito Fabiano Marques (Petrolândia). Kaio Maniçoba conta com seu primo Bernardo Maniçoba (Itacuruba) e sua mãe Rorró Maniçoba (Floresta).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *