Coluna da Folha: Convocação ou convite? O secretário de Caruaru não atendeu

por Carlos Britto // 12 de maio de 2021 às 07:22

Foto: JC/reprodução arquivo

A Câmara de Vereadores de Caruaru começou a semana com uma polêmica repercutida pela mídia local.

A Casa jornalista José Carlos Florêncio havia convocado na última quinta-feira (6) o secretário de Educação João Paulo Derocy, para que ele esclarecesse pontos “não explicados” sobre uma dúvida dos parlamentares em sua gestão, como recarga dos cartões alimentação durante à pandemia e a volta às aulas na rede municipal de ensino.

Acontece que o secretário não foi e enviou um ofício à Câmara, no qual sustentou que não poderia comparecer por conta das demandas relacionadas à retomada das aulas presenciais no município, previstas para os próximos dias. O ofício enviado ao presidente da Casa, Bruno Lambreta, pede que a presença do secretário seja remarcada para o dia 20 de maio.

Teve vereador que não gostou e mostrou até a lei na qual diz que o professor pode responder até por crime de responsabilidade, por não atender ao chamado da Casa Legislativa. Em defesa do secretário, sua assessoria afirma que ele foi convidado, e não convocado. A palavra mudou o sentido.

Disse ‘não’

Em Caruaru, a prefeita Raquel Lyra (PSDB) disse ‘não’ ao pleito de entidades lojistas da cidade que solicitavam a antecipação dos feriados em maio e junho. As entidades acreditavam propor soluções para minimizar os danos gerados pela pandemia e manter os empregos. A prefeita disse que reconhece a legitimidade do pleito, mas que o panorama epidemiológico atual não permite e reforça ainda a necessidade de medidas que ajudem no distanciamento social para controle da pandemia.

Investimentos

O deputado Antônio Fernando comunicou a instalação de toda uma estrutura de serviços de Hemodiálise dentro da UTI do Hospital Regional Fernando Bezerra, em Ouricuri. Na próxima segunda-feira (17), o secretário estadual de Saúde, André Longo, estará em Ouricuri para anunciar uma estrutura com 7 máquinas de Hemodiálise, destinadas a atender de imediato os pacientes internados em regime de UTI. “Deste total de 7 máquinas, 4 serão destinadas à UTI Geral e 3  para tratar os da UTI Covid”, comemorou.

Fortalecendo

O Partido Liberal (PL) ganhou reforço de peso na Região do Agreste. A legenda filiou Zaqueu Lins, que foi candidato a prefeito de Garanhuns, nas eleições de 2020. O presidente estadual da sigla, Anderson Ferreira, e o vice, deputado federal Fernando Rodolfo, ressaltaram que Zaqueu chega para fortalecer a chapa de candidatos a deputado estadual no pleito do próximo ano. Zaqueu já foi candidato à Assembleia Legislativa, tendo obtido 23 mil votos, dos quais 20 mil no seu município.

Vai de PSB

O ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), reclamou ao radialista Nill Junior que atualmente muitas lideranças defendem publicamente um mandato estadual da terra, mas se comprometem “com pessoas que não têm identidade nenhuma com a região”. “Hoje você vê na mesma cidade, cinco, seis, sete candidatos. Alguns saem com 550, mil votos, aí dizem que não voltam mais porque ficou cara a eleição”. Nesse modelo eu tenho dificuldades”. Patriota revelou que o partido já abriu diálogo com ele, citando Paulo Câmara, João Campos e Sileno Guedes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *