Coluna da Folha: Conselheiros tutelares e a propaganda política vedada

por Carlos Britto // 29 de agosto de 2022 às 07:00

Casa dos Conselhos de Petrolina/foto: Blog do Carlos Britto

Em Petrolina, no Sertão do São Francisco, os conselheiros tutelares receberam uma bronca do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Isso porque, segundo o órgão, foi preciso alertar os profissionais para que parassem de realizar propaganda política nas dependências do Conselho, e também que evitassem utilizar a estrutura para a realização de atividades de cunho político.

A Resolução do Conanda nº 170/2014, no artigo 41, inciso III, sem prejuízo das disposições específicas contidas na legislação local de cada município, expressamente veda ao conselheiro tutelar de utilizar-se o Conselho Tutelar para o exercício de propaganda e atividade político-partidária”, diz um trecho da recomendação.

Além da bronca sobre a estrutura física, também houve um puxão de orelha sobre a realização de vídeo, áudio ou qualquer meio fotográfico ou audiovisual com candidatos durante o período eleitoral, bem como, ao participarem de passeatas, carreatas ou manifestações correlatas, todos eles não devem publicar qualquer anúncio que o identifique como conselheiro ou conselheira tutelar.

A coisa pode ficar ainda mais séria, caso de algum conselheiro ou conselheira realize alguma manifestação de apoio a candidatos em redes sociais com a utilização explícita da palavra “conselheiro tutelar”, de forma que não fique dúvida tratar-se de manifestação pessoal, desconectada do cargo de conselheiro tutelar. Em todo caso, todo cuidado ainda é pouco.

Saindo dos bastidores

O candidato a deputado federal, Tonynho Rodrigues (MDB), está feliz da vida ao encabeçar sua primeira campanha eleitoral, uma vez que nas últimas eleições atuou nos bastidores. Com a inauguração do comitê de campanha em Caruaru, no Agreste, Tonynho destacou o evento como “especial”, e disse que chegou o seu momento. “A minha caminhada rumo a Câmara Federal será ao lado do meu ídolo, meu pai, o deputado Tony Gel. Minha referência na vida e na política”, pontuou.

Focando na água

Com o pé na estrada, a candidata a deputada estadual Cristina Costa (PT) se reuniu com os moradores de Manga de Baixo, na Zona Rural de Belém do São Francisco, no Sertão pernambucano, e só ouviu sobre a falta de água. “Nós estamos aqui às margens do Rio São Francisco, na área da transposição, e ainda percebemos que o pequeno produtor rural não tem acesso à água para garantir seu sustento“, destacou Cristina, que disse que vai focar mais neste assunto.

Apostando no guia

A candidata ao Senado pelo PT, Teresa Leitão, aposta todas as fichas no alcance do guia para gerar benefício aos candidatos da Frente Popular. A petista disse que o guia deixará claro aos eleitores quais são os campos de cada candidato. “Sabendo das propostas de cada um, e dos apoios que cada candidato tem, o povo vai ter o esclarecimento necessário para fazer suas escolhas sem enganos”, disse a candidata.

24 em 22

A campanha deste ano mal começou, mas em Petrolina já tem gente pensando longe – em 2024, para ser mais exato. Um veículo circulava pela cidade com um adesivo com os candidatos a deputado federal Lucas Ramos (PSB), Gabriel Menezes (Patriota) a estadual e Guilherme Coelho (PSDB) a senador. Os três integram a oposição em Petrolina e há quem garanta que a articulação para as próximas eleições municipais já começou. Quem viver, verá.

Coluna da Folha: Conselheiros tutelares e a propaganda política vedada

  1. Antonio Marreco disse:

    Oxente, jogou Guilherme no colo de Lucas, ou o contrário.
    Fbc desistiu do mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.