Coluna da Folha: Batida da Policia Federal cai como uma bomba na cena política de Ouricuri

por Carlos Britto // 05 de dezembro de 2022 às 07:00

Foto: Reprodução

O município de Ouricuri, sertão do Araripe, não fala em outra coisa depois que a Policia Federal deflagrou por lá 3 operações pesadíssimas que apuram contratações de empresas pela prefeitura para prestar serviços de transporte de alunos, locação de veículos para atendimento de demandas das Secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social, suposta contratação irregular de tendas e banheiros químicos, com sobrepreço na contratação dos serviços de aproximadamente 500%, além de contratos firmados com empresas constituídas por sócios laranjas para prestação de serviços gráficos e reprográficos à secretarias do município.

A nota da Policia Federal fala que desde 2012 as empresas controladas pelo mesmo grupo familiar vêm se beneficiando de vultosos contratos com a prefeitura de Ouricuri, os quais, segundo apontado pela Controladoria-Geral da União, são viciados e potencialmente superfaturados.

Pelas praças e pelas emissoras de radio local o assunto continua vivo. Os crimes apontados são peculato, fraude em licitações, corrupção passiva e consequente lavagem de dinheiro, em contratos firmados pela prefeitura.

Apesar de ter um amigo irmão preso da operação, o prefeito Ricardo Ramos (PSDB), publicou nota garantindo que não está sendo investigado, mas que mesmo assim recebeu a operação com “perplexidade”.

“O prefeito Ricardo Ramos registra que confia plenamente na inocência das pessoas investigadas. Ele acredita no Poder Judiciário e que se coloca à disposição para contribuir com as investigações”, afirmou em nota a assessoria.

Enquanto os vereadores da base da administração municipal permanecem calados a oposição comemora e não deixa o assunto morrer. Na política funciona assim.

Novo vereador

Será hoje, na Câmara de Vereadores do Recife, a posse de Victor André Gomes (UB), como vereador. Ele assume após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em Pernambuco promover nova totalização dos votos, nas eleições de 2020. Victor Gomes obteve 2.260 e garante que será um parlamentar do diálogo. “Garanto que o nosso mandato terá muito diálogo com a população. Quero conhecer pessoalmente as necessidades dos moradores e buscar, em conjunto com a população, as soluções para os problemas do Recife. Escutar, dialogar e trabalhar serão os principais pilares da nossa gestão”, afirmou.

Infarto fulminante

Morreu, na manhã deste domingo (04), o vereador de São José do Egito, no Sertão Central, Flávio Jucá, do PSB, aos 57 anos, vítima de um infarto fulminante. Flávio era funcionário efetivo da Prefeitura Municipal de São Jose do Egito. Foi vereador por quatro mandatos e presidente da Casa Arlindo Leite Lopes no Biênio 2011/2012. Flávio deixou esposa e duas filhas. O prefeito Evandro Valadares decretou luto oficial de três dias. O velório está acontecendo na câmara de vereadores e o sepultamento está marcado para às 9h da manhã dessa segunda-feira (05), no Cemitério Padre Sebastião Rabelo.

Na Justiça

A Justiça Federal negou os recursos protocolados pelo município de Parnamirim, no Sertão do Araripe, em relação aos editais de concursos públicos.  O prefeito Nininho (PSB) tentou, com sua equipe jurídica, modificar a sentença do certame através de um Recurso de Apelação ao 2º Grau. Os desembargadores julgaram, por unanimidade, improcedente e mantiveram a sentença. O município também tentou derrubar a liminar favorável obtida pela Autarquia em Ação Civil Pública, porém a mesma foi mantida. Com isso, o edital deverá ofertar o correspondente a três salários mínimos para Cirurgiões-Dentistas e dois salários mínimos para Auxiliares em Saúde Bucal, ambos com jornada de 20 horas semanais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.