Coluna da Folha: Augusto Coutinho preserva empregos de frentistas

por Carlos Britto // 02 de dezembro de 2021 às 07:18

Foto: Câmara dos Deputados/reprodução

Um projeto que tramita em Brasília sobre a automação do abastecimento em postos de combustíveis foi barrado a tempo de ameaçar o emprego de frentistas, graças ao deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade-PE).

O projeto previa, como acontece nos Estados Unidos e Europa, que motoristas pudessem abastecer os seus próprios carros, usando apenas o seu cartão, sem os frentistas. Coutinho foi contra a duas tentativas de autorização de implantação desse sistema de autoatendimento nos postos de combustíveis no Brasil.

O parlamentar sustenta que a medida geraria a demissão de cerca de 500 mil trabalhadores frentistas que atuam nos diversos postos espalhados pelo país.

Relator do projeto na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEICS), Coutinho rejeitou o Projeto de Lei 2302/19, que tinha o fim da automação. Antes já havia rejeitado, também como relator, a emenda 18 na MP 1063/21.

As duas propostas negadas tinham como objetivo tirar a obrigatoriedade de frentistas nos postos de combustíveis.

Dos componentes do preço do combustível, o que menos pesa são os frentistas. É um grande número de trabalhadores que de fato precisa ter emprego. Foi um posicionamento que a gente teve de imediato. Eu não vou contribuir com meu mandato para aumentar o desemprego no Brasil”, disse ele.

Clima tenso

O deputado estadual Clodoaldo Magalhães e o seu partido, o PSB, estão em rota de colisão dura. Chateados com o que chamam de “invasão de suas bases”, os deputados federais da legenda ofereceram denúncia contra ele ao conselho de ética. O deputado até tentou falar com o presidente do partido, Carlos Siqueira, mas este não abriu a porta nem a agenda para recebê-lo.

Congelamento

Líder da Oposição na Assembleia Legislativa, o deputado Antonio Coelho (DEM) usou a tribuna nesta quarta-feira (1) para solicitar ao Governo de Pernambuco o congelamento do IPVA 2022. A proposta apresentada pelo democrata orienta-se no sentido de que não seja efetuada a atualização da base de cálculo do imposto veicular para o próximo ano, evitando, assim, mais um aumento de tributo aos contribuintes pernambucanos

Joel no PL

O deputado estadual Joel da Harpa avalia se é hora de deixar o PP migrando para o PL, aproveitando a onda com a filiação do presidente Jair Bolsonaro. Aliado de Anderson Ferreira, Joel avalia se a travessia faria bem ao seu projeto, e promete ouvir suas bases. A resposta sai em poucos dias.

Visitando

Sempre lembrada como um dos nomes para compor a chapa do PSB, a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista cumpre agenda em cidades do Araripe e do São Francisco. Em sua agenda, a requalificação da pista do Aeroporto de Araripina, concluída em outubro, além da verificação sobre o andamento do trabalho de reestruturação de rodovias estratégicas para a região, dentro do Programa Caminhos de Pernambuco. As intervenções visitadas fazem parte do Plano Retomada, anunciado em agosto pelo governador Paulo Câmara.

Não quer a festa

O deputado estadual Adalto Santos (PSB) disse que já solicitou ao governo do Estado que não promovesse o carnaval em 2022. Evangélico, Adalto lembra que a pandemia ainda ronda vidas. “O nosso País passou uma situação muito difícil. E não é possível que agora, no ano que vem, a gente tenha um carnaval que vai abrir as portas para o pessoal que vem de fora e com certeza trazer essa nova cepa que está acontecendo nos países da Europa“, justificou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *