Coluna da Folha: A eleição de agora que acaba em 24

por Carlos Britto // 22 de novembro de 2022 às 07:00

Município do Cedro. (Foto: Divulgação)

Município localizado no Sertão Central, Cedro está a poucos dias da eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores. Mas o pleito já carrega ingredientes de 2024. A prefeita Marly Quental conta hoje com ampla maioria na casa legislativa – seis dos nove vereadores fazem parte de sua base. O problema é que, destes seis aliados, três deles querem ser o candidato da prefeita nas próximas eleições municipais.

Nos bastidores políticos da cidade, os comentários dão conta de que um dos vereadores da base de Marly, Carlinhos Novais, já foi procurado pelo vereador da oposição Jose Galvão Neto (o ‘Zé de Benga’), o qual deu a garantia a Carlinho que ele teria os três votos da oposição para a presidência da Mesa Diretora: além dele, os vereadores Tanço de Constâncio e Mika respaldariam seu nome.

Dessa forma, Carlinhos precisaria somente de atrair mais um voto para se consagrar presidente da Câmara no próximo dia 5 de dezembro, data da eleição na casa legislativa. Não se fala em outra coisa na cidade. A tensão é grande entre a base da prefeita, que tem como possíveis candidatos a presidente da Câmara os vereadores Nana Martins e Miguel Leite (esse último o atual presidente eleito pela base de Marly).

Resta saber como será que a prefeita Marly irá resolver essa questão, ou se de fato a oposição irá comandar o Poder Legislativo do Cedro. Quem viver, verá.

Cidadão Pernambucano

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) concedeu, na última sexta (18), o Título de Cidadão Pernambucano ao CEO da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, John Peter Rodgerson, e ao diretor de Relações Institucionais da companhia, Fábio Campos. A iniciativa partiu do deputado Lucas Ramos (PSB), em reconhecimento à implementação do hub que transformou o Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, em um concentrador de voos, com mais de 80 frequências diárias para 37 destinos diferentes. Rodgerson é estadunidense e mora no Brasil há 15 anos.

Cabeças pra rolar

Em Serra Talhada, Sertão do Pajeú, o que se fala agora é sobre a possibilidade de uma reforma administrativa e troca de quadros da equipe da gestão da prefeita Márcia Conrado (PT). Nomes ligados ao ex-prefeito e agora deputado estadual eleito Luciano Duque, do Solidariedade, estariam na mira da exoneração. Luciano e Márcia já não se sentam à mesma mesa após o primeiro turno. A petista apoiou Raquel Lyra (PSDB) e Duque, Marília Arraes (SD). Os nomes da cota de Duque são os secretários Cristiano Menezes (Obras), Nildinho Pereira (Serviços Públicos), Karine Rodrigues (Assistência Social), Marta Cristina (Educação) e Cristiano Menezes (Obras).

Na modernidade

Os vereadores de Bonito acabam de ganhar notebooks para que todos possam ter acesso ao Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), um software disponibilizado para as Casas Legislativas. Os computadores ajudarão os parlamentares nas tarefas dos vereadores e nos momentos de votação eletrônica. Para o presidente, Paulinho de Devá, esses computadores são para incentivar a ferramenta do SAPL e auxiliar bastante a assessoria dos nossos profissionais. “Será muito útil para o mandato parlamentar”, disse ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.