Coluna da Folha: A bomba no colo de Edson Vieira a poucos dias da eleição

por Carlos Britto // 30 de setembro de 2022 às 07:17

Foto: reprodução

Caiu como uma bomba em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste, e entre aliados em outras cidades a notícia de que o candidato a deputado estadual e ex-prefeito, Edson Vieira (UB), foi condenado pela Justiça a 12 anos de inelegibilidade.

A determinação foi do juiz Moacir Ribeiro da Silva Júnior, que suspendeu os direitos políticos e determinou multa de R$ 1.685.887,80 por supostos atos de improbidade administrativa, na ação que apura um escândalo envolvendo uma locadora de veículos, citada como supostamente fantasma.

A bronca aconteceu em um decreto que autorizava o município de Santa Cruz do Capibaribe a contratar com dispensa de licitação, sob a alegação de um estado de emergência administrativo que, segundo a denúncia, nunca ocorreu.

Vieira se defendeu em nota, afirmando que “as decisões do Poder Judiciário merecem respeito. Mas o cidadão não deve deixar de questionar decisões deste Poder, que podem ser revistas pelo mesmo. Em 2013, assumi a prefeitura de Santa Cruz. Precisei tomar medidas imediatas, em razão das demandas da população. E assim fiz. Não pequei e não peco pela omissão. Após mais de sete anos e às vésperas da eleição do próximo domingo, um juiz emite sentença contra mim. Por que tal decisão chegou tão tarde e faltando poucos dias para o dia 2 de outubro?”, indagou.

Ele garante que continua candidato. “Continuo candidato autorizado pela justiça eleitoral. Sou ficha limpa. Questionarei, com respeito, decisões do Judiciário que possam interferir na vontade do eleitor. Sou candidato a deputado e vamos à vitória. O eleitor merece respeito”, afirmou.

Animado

Médico cardiologista e vice-prefeito de Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco, Dr.Lucas Novaes (UB), está empolgado com sua candidatura a deputado federal. Aposta do Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e de seu filho candidato a governador, Miguel Coelho (UB), Dr. Lucas é visto como um chamariz de votos no Vale do São Francisco. Ele acredita que pode ser um dos majoritários em Cabrobó e Petrolina. O candidato conta ainda com o apoio da classe médica pernambucana, representada pelo vereador do Recife (PE), Dr. Tadeu Calheiros.

Dever de casa

O prefeito de Caruaru (PE), Rodrigo Pinheiro tem conseguido mobilizar um grande número de apoios nessa eleição, mesmo não sendo candidato. No município do Agreste, foi o único a realizar duas grandes caminhadas em menos de uma semana em bairros tradicionais, arrastando uma multidão para as ruas, em campanha para seus candidatos Raquel Lyra (PSDB), Débora Almeida, Daniel Coelho e Guilherme Coelho (PSDB). Nenhuma outra candidatura conseguiu mobilizar grandes públicos na capital do Agreste.

Vai ser expulso

Em Trindade (PE), Sertão do Araripe, o vereador Leomar Cavalcante (PT) corre o risco de ser expulso do partido. Ele gravou um vídeo declarando apoio ao presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL). O vídeo circulou nas redes sociais e o presidente do PT de Trindade, Gerson Brasil, anunciou sua expulsão, também por meio de vídeo. “A decisão do PT é de uma expulsão sumária, o que acarretará consequentemente na perda do mandato, porque entendemos que o conjunto dos candidatos nas últimas eleições foi o que possibilitou a chegada na Câmara de um dos nossos candidatos, e infelizmente, para nossa decepção e de toda sociedade trindadense, esse nome foi o de Leomar”, declarou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.