Coluna da Folha

0
Foto: reprodução

Exemplo que vem da Câmara Municipal de Limoeiro

Em meio a tantos maus exemplos de gastos com dinheiro público país afora, em Pernambuco a Câmara Municipal de Limoeiro, no Agreste, dá o exemplo. Sob a presidência do vereador Juarez (DEM), a Casa legislativa devolveu o valor de R$ 710 mil ao Executivo.

Juarez demonstra não apenas que administra a câmara da maneira que deve ser. Ele também colabora com a prefeitura neste momento ainda bastante delicado por conta da pandemia de Covid-19. E que bom se todos os chefes de legislativo atuassem dessa forma.

Órgão fiscalizador dessas instituições, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) tem muito trabalho em relação à prestação de contas de prefeitos, vereadores e presidentes de câmaras. A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) exige uma gestão sóbria e racional em relação ao dinheiro do contribuinte pernambucano.

Essa cartilha, no entanto, nem todos os gestores costumam seguir, mas a Câmara de Limoeiro seguiu. Isso deveria ser regra geral, mas por enquanto ainda é exceção. E até por isso mesmo merece todos os aplausos.

Poucas novidades

Ao contrário de alguns prefeitos reeleitos este ano, Vilmar Cappellaro (MDB) partirá para o segundo mandato, a partir de 1º de janeiro de 2021, sem muitas alterações na sua equipe. O emedebista vai seguir aquela tese de que em time que está ganhando, não se mexe. “A gestão deu certo e vai haver poucas mudanças”, garantiu.

A posse de Gildevan

Veterano na Prefeitura de Santa Filomena, no Sertão do Araripe, Gildevan Melo (PSD) tomará posse nesta sexta-feira, 1º de janeiro, para mais um mandato, juntamente com sua vice Francinete Diniz (DEM). Mas desta vez ele não cairá nos braços da população, como das vezes anteriores. Em virtude da pandemia de Covid-19, o público presencial será restrito, mas quem quiser pode acompanhar tudo pelas redes sociais dele.

Acusado

Em Carnaíba, Sertão do Pajeú, um aliado do prefeito reeleito Anchieta Patriota (PSB) está em maus lençóis. Trata-se do também reeleito vereador Alex Mendes (PSB). Depois de obter 786 votos nas eleições deste ano, Alex agora está sendo acusado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE)  da “prática do crime de favorecimento da prostituição ou exploração sexual de criança e adolescente”. Para piorar, ele seria o futuro vice-presidente da Casa. Agora, já não se sabe mais. O vereador já está se defendendo judicialmente.

O secretariado de Nininho

Prefeito eleito de Parnamirim, no Sertão Central, Nininho Carvalho (PSB) anunciou terça-feira (29) os nomes de 8 titulares de pastas de seu futuro governo. Ao lado do vice-prefeito eleito, Dr. Rennê (PT), Nininho levou a conhecimento da população os indicados para as Secretarias da Mulher; Educação; Desenvolvimento Agrícola; Administração; Saúde; Desenvolvimento Social; Cultura, Turismo e Esportes e de Finanças. Falta ainda anunciar os nomes dos futuros secretários de Governo e Infraestrutura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

cinco × 4 =